As 4 maiores desculpas para não viajar e como superá-las
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As 4 maiores desculpas para não viajar e como superá-las

amandanoventa

10 Novembro 2014 | 00h20

Eu já perdi a conta de quantas vezes ouvi pessoas dizendo que gostariam de viajar mas não podem. Muitas vezes a justificativa é válida, mas na maioria delas, é apenas mais uma desculpa esfarrapada.

É compreensível que aqueles que não gostam de viajar prefiram justificar com uma desculpa invés de assumir que simplesmente não gostam.

Mas os que realmente querem viajar precisam entender que planejar uma viagem é um desafio. E que para fazer isso acontecer, o primeiro passo é parar de se prender às suas desculpas:


1. Não tenho dinheiro. É uma desculpa acompanhada de “viajar é caro e o dólar está alto”. Você está certo, mas deixa eu te contar uma coisa: isso não vai mudar tão cedo. Portanto, esperar por isso pode fazer com que sua viagem nunca aconteça.

É claro que você precisa ter algum dinheiro para viajar, mas pare de colocar a culpa no mundo enquanto você compra o iPhone novo. Se você realmente quer viajar, tem que colocar a viagem como prioridade na sua listinha de gastos, ou melhor, na lista de investimentos! Defina um objetivo, quanto você precisa ter e para quando. Porque guardar dinheiro pra viajar é igual tentar emagrecer: tem que ter foco e mudar seus hábitos. É reavaliar cada gasto do dia a dia, separar um dinheiro todo mês para a sua viagem e até tentar ganhar uma graninha extra. É um trabalho duro que muitas vezes sacrifica baladas, comprinhas, futilidades e até o que você compra no supermercado. Mas sem prioridade e planejamento não tem viagem.

2. Falta companhia. A verdade é que você nunca terá companhia para todas as viagens que quiser fazer – mesmo que tenha muitos amigos, seja casado e com família grande. As pessoas não têm tempo, dinheiro ou disponibilidade na mesma época que você. Portanto, que tal tomar uma atitude e viajar sozinho? Uma pesquisa do Trip Advisor feita com 1500 brasileiros indicou que 90% dos homens e 76% das mulheres que responderam à enquete já fizeram uma solo trip. Portanto, há grandes chances de você encontrar pessoas na mesma situação que você pela estrada. Eu sei que é mais fácil sentir autopiedade e raiva do mundo por não poder viajar com você. Mas se você está deixando de viajar, a culpa é só sua e não do mundo.

3. Não sei falar outro idioma. A ideia de estar num país onde ninguém te entende e você não entende ninguém pode ser um pouco assustadora. Mas é também uma das coisas mais encantadoras da viagem. Para se sentir mais tranquilo, vale anotar num papel o nome do seu hotel e lugares que deseja ir caso precise mostrar a outras pessoas para pedir ajuda. Em lugares com grande número de turistas, essa é uma prática bastante comum junto à linguagem corporal. Outra dica bacana é aprender algumas palavras básicas antes da viagem. Eu não fui à China, onde a maioria das pessoas não fala nem inglês, sem aprender a dizer: “olá”, “por favor”, “obrigada”, “quanto custa” e “cerveja gelada”.

4. Um dia eu vou. Viajar não é fácil. Você tem que ter algum dinheiro, fazer todo um planejamento, conciliar com o seu trabalho, arrumar as malas, provavelmente pegar um voo cansativo, há chances de não gostar do seu hotel e até de quebrar o pé. E com toda essa trabalheira, é mais fácil usar as desculpas acima e se consolar com aquele “um dia eu vou”. O problema é que, se você continuar deixando a viagem para “um dia”, há uma grande chance dela nunca se realizar.

Os que viajam só o fazem porque acreditam que o dia perfeito é hoje, superando seus medos e empecilhos. Portanto, deixe as desculpas para aqueles que não querem viajar e responda: o que você tem feito para que esse desejo se realize?

 

Amanda escreve e tem um canal no youtube sobre viagens. Acompanhe através do Instagram em @amandanoventa, no Youtube em Amanda Viaja e no Facebook em Amanda Viaja.

Posts relacionados:

6 lições para entender que você não precisa ser rico para viajar

8 lugares para quem está começando a viajar sozinho

5 dicas para viajar o mundo mesmo sem saber outro idioma

 

Foto: arquivo pessoal da autora