As companhias aéreas mais seguras para voar em 2017
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As companhias aéreas mais seguras para voar em 2017

amandanoventa

12 Janeiro 2017 | 10h28

companhias aereas mais seguras

Percebi que quanto mais eu viajo, mais exigente fico com a companhia aérea. E, inexplicavelmente, mais medo tenho de voar também. Portanto, uma lista das companhias aéreas mais seguras para voar cai como uma luva neste começo do ano em que ainda estou planejando as próximas viagens. Ainda levo muito em consideração os preços, mas confesso que tenho dado cada vez mais valor para a qualidade.

A lista é do site airlineratings.com que avalia as companhias aéreas anualmente. Para classificar de acordo com a segurança, os fatores levados em consideração são: auditoria dos órgãos de aviação, auditorias governamentais, acidentes aéreos, rentabilidade e idade da frota.

A companhia aérea eleita a mais segura foi pela quarta vez consecutiva a australiana Qantas, que nunca teve um acidente aéreo fatal na sua história.


As outras companhias aéreas mais seguras foram divulgadas em ordem alfabética: Air New Zealand, Alaska Airlines, All Nippon Airways, British Airways, Cathay Pacific Airways,  Delta Air Lines, Etihad Airways, EVA Air, Finnair, Hawaiian Airlines, Japan Airlines, KLM, Lufthansa, Scandinavian Airline System, Singapore Airlines, Swiss, United Airlines, Virgin Atlantic e Virgin Australia.

Apesar de sérios acidentes aéreos em 2016, segundo estatísticas do site Aviation Safety Network, foi o segundo ano mais seguro já registrado para voar de avião. E a boa notícia é que o número de acidentes caiu drasticamente nas duas últimas décadas.

Dá até para ficar mais tranquila depois dessas informações, não dá?

Amanda escreve sobre viagens. Acompanhe o blog através do facebook em Amanda Viaja e do instagram @amandanoventa.

 

Posts relacionados:

Os passageiros mais irritantes durante um voo

Como eu me sinto quando entro no avião e vejo uma criança ou um bebê

Piloto desvia rota de avião para salvar cachorro