Leonardo DiCaprio pode ser impedido de entrar na Indonésia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leonardo DiCaprio pode ser impedido de entrar na Indonésia

amandanoventa

14 Abril 2016 | 08h29

Logo após ter ganhando o Oscar de 2016, Leonardo DiCaprio viajou para Sumatra, na Indonesia. Mas não foi para tirar férias como um mero mortal. O ator, super engajado na preservação do meio ambiente e mudanças climáticas (lembra do discurso dele quando venceu o Oscar?), foi trabalhar com grupos locais para ajudar na preservação do ecossistema da região.

Mas parece que o governo da Indonésia não gostou do que Leonardo DiCaprio andou comentando sobre a região por aí. Depois de visitar o Parque Nacional Mount Leuser, ele compartilhou em seu instagram e twitter o que andava acontecendo na região:

indonesia-amanda-viaja

“A floresta do Ecossistema Leuser é o considerada um dos melhores habitats que ainda restam no mundo para o elefante-de-sumatra, criticamente em perigo. Nestas florestas, antigas rotas migratórias ainda são usadas por alguns dos últimos rebanhos de elefantes selvagens. Mas a expansão das plantações de óleo de palma está destruindo essa rota, tornando mais difícil para as famílias de elefantes encontrarem fontes de comida e água”.


Ele ainda disse que a Fundação Leornardo DiCaprio está “dando suporte aos parceiros locais para estabelecer um santuário de fauna no Ecossistema de Leuser, o último lugar onde orangotangos-de-sumatra, tigres, rinocerontes e elefantes convivem juntos de forma selvagem”.

A fundação do ator foi estabelecida em 1998 e tem mostrado um número significante de problemas ecológicos. E é isso que DiCaprio tem compartilhado em suas redes sociais o tempo todo.

indonesia-amanda-viaja

indonesia-amanda-viaja

Em uma de suas postagens também há um link para uma petição de proteção à região. Isso chamou a atenção da imigração da Indonésia, que agora está ameaçando impedir que o ator possa entrar no país novamente, de acordo com o site Travel and Leisure.

Heru Santoso, porta-voz representante do ministro geral de Imigração, Lei e Direitos Humanos disse: “Nós apoiamos sua preocupação para salvar o ecossistema de Leuser. Mas nós podemos colocar Leonardo di Caprio na lista negra de entrada na Indonésia se ele continuar postando insinuações ou provocações em suas redes sociais”.

De acordo com a Santoso, a indústria de óleo de palma tem o direito de solicitar que Leonardo DiCaprio seja barrado na Indonésia, mas até agora nenhum documento oficial foi enviado.

O óleo de palma ou de dendê é o mais consumido no mundo. Mas é bastante estranho que eles tenham o direito de banir a entrada de qualquer pessoa dentro do país, não acham?

Eu já postei aqui no blog um outro problema relacionado aos elefantes na Ásia, mais especificamente na Tailândia. O desmatamento das florestas tem deixado muitos elefantes sem um lugar adequado para viver e muitos acabam trabalhando no próprio desmatamento das florestas carregando madeira ou trabalhando no turismo exploratório de animais.

E pelo que Leonardo DiCaprio tem mostrado, não são só elefantes que acabam sendo prejudicados pelo desmatamento, mas um ecossistema inteiro.

Amanda escreve sobre viagens. Acompanhe o blog e suas aventuras através do Facebook e do Instagram em @amandanoventa.

 

Post relacionado:

Turista morre ao andar em elefante na Tailândia. Você ainda culpa o elefante?