As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que fazer quando você não pode viajar

amandanoventa

10 Agosto 2015 | 08h37

viajar-amanda-viaja

Acontece por vários motivos: você já não tem mais férias, a demanda no trabalho é grande, seu dinheiro acabou ou você tem um problema pessoal que não deixa você sair da sua cidade por um bom tempo. Tem fase que parece impossível fazer uma viagem.

Mas é possível utilizar alguns truques para enganar essa ansiedade e até se planejar melhor para uma próxima oportunidade de viagem:

Leia livros (de preferência de viagens). Ler livros é a forma mais barata de se viajar. Aliás, eu gosto de aproveitar para complementar as minhas viagens com algum livro cujo cenário se passa no meu próximo destino. Ler é uma forma de conhecer novas culturas, estudar, se informar e despertar a autoconfiança através do conhecimento (características importantes para quem vai viajar). Se você não tem esse hábito, pode começar pelos livros mais populares: Eu sou Malala, Budapest, Comer Rezar Amar, Livre, Aventura Selvagem, etc.


Explore lugares e festas culturais na sua própria cidade. Festas e feiras alemãs, japonesas, italianas… Elas sempre acabam conectando você a culturas diferentes através das pessoas, comida e música que apresentam. Isso pode acabar dando ideias para um próximo destino.

Vá a restaurantes típicos de outras culturas. Muito restaurantes levam a sério as tradições dos países que representam. Em São Paulo, por exemplo, existem restaurantes servidos por nativos de lá, com comida e decoração típica. E assim com restaurantes japoneses, coreanos, alemães, árabes, baianos, etc.

Faça mini viagens. Pode ser uma viagem de um dia ou de fim de semana. Dar uma fugida para outro ambiente causa a impressão de que estamos ativos e conhecendo coisas novas (e estamos mesmo!).

Descubra sua cidade. Lembro que visitei um amigo que morava há anos em Nova York e ele disse meio envergonhado: “Nunca fui ao MoMa”. Mas isso é normal. Nossa tendência é desprezar ou esquecer aquilo que sempre está ali, disponível na própria cidade. Eu morei ao lado do MASP por quatro anos e não entrei sequer uma vez no museu durante esse período. Foram muitas exposições e momentos agradáveis perdidos por não prestar atenção àquilo que estava ao meu lado.

Aproveite para organizar suas fotos e lembranças da última viagem. Sabe quando a gente volta de viagem prometendo que vai imprimir as fotos ou, pelo menos, organizar, mas não encontra um tempo imediato? O tempo é agora.

Pesquise passagens e hospedagem. Eu tenho uns aplicativos de busca no meu celular que uso muitas vezes por puro passatempo, do tipo: “Vamos ver quanto está custando uma passagem para Londres em setembro…”. Pode parecer uma grande besteira, mas isso ajuda você a estudar e conhecer os preços das passagens para os locais onde deseja ir. Esse é um conhecimento fundamental para a sua viagem sair mais barata.

Cuide da sua casa. Aproveite para curtir a sua casa, organizar o que está precisando ser organizado, receber amigos, fazer festas… Ter o seu canto no mundo é tão bom quanto viajar.

Guarde dinheiro para viajar. Sempre que não posso viajar, prefiro ter um pensamento otimista de “ainda bem, assim guardo dinheiro para uma próxima viagem”. O tempo faz com que você consiga se planejar melhor, dá a oportunidade de guardar mais dinheiro e pesquisar melhor os preços de passagem e do destino. Assim você gasta menos. Quanto mais tempo você tiver para se planejar, maior a chance de economizar.

Acompanhe o blog e as aventuras de Amanda através do Facebook https://www.facebook.com/amandaviaja e pelo Instagram @amandanoventa.

Foto: arquivo pessoal da autora

Mais conteúdo sobre:

amanda viajaviajar