As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

5 lições para entender que você não precisa largar tudo para viajar o mundo

amandanoventa

26 Janeiro 2017 | 10h05

atacama-amanda-viaja

 

Largar tudo para viajar é um assunto que entrou na moda do brasileiro há pouco tempo. A notícia se espalhou e parece que muita gente anda idealizando a experiência como salvadora de todos os problemas.
Acho o máximo quem consegue sair pelo mundo sem amarras, feliz da vida. Mas se diverte também quem não larga nada e viaja muito.
Além do mais, a ideia de largar tudo para viajar o mundo não faz parte da realidade da maioria das pessoas – alguns não querem, outros não podem.
O post de hoje é para mostrar a você que viajar MUITO pelo mundo é mais simples do que dar o passo de largar tudo.

1.Tanto para largar tudo quanto para viajar com (muita) frequência, você precisa de dinheiro


Sejamos realistas, dinheiro é importante para ambos os casos. Então não dá nem para dar a desculpa de que viajando várias vezes durante o ano gasta-se mais do que ter uma vida nômade. Em ambos os casos você precisa de um bom planejamento financeiro. A diferença é que se você mantiver o seu emprego, terá uma segurança financeira maior para realizar as suas viagens. Enquanto na vida nômade, talvez você passe um perrengue maior.

2. O Brasil é cheio de feriados e um mês de férias.

Dá para fazer muita coisa com tantos dias de folga. Talvez não dê para encarar uma slow travel, mas com organização (e dinheiro) é possível conhecer muitos lugares diferentes. Certos países não precisam de mais do que três dias para uma visita – para esses você pode usar um fim de semana. Para os países que requerem mais tempo, você utiliza suas férias ou feriados

3. Vamos amadurecer essa história de ‘viajar para se encontrar’?

Acho super normal você querer viajar o mundo (todos queremos), mas você não precisa de uma desculpa para isso. E essa de ‘viajar para se encontrar’ me parece a mais imatura delas. Viajar vai naturalmente mudar sua perspectiva sobre o mundo, mas não necessariamente te mostrar um caminho. A maioria das pessoas que viajam por um longo período voltam mais perdidas do que estavam antes de partir.

4. Talvez viajar sem parar não seja pra você

Eu ainda não vi a história de ninguém que tenha viajado por um longo período sem passar algum perrengue. Você está disposto a viver assim por um longo período? Talvez você não queira ficar longe dos seus amigos e família por tanto tempo. Por mais que a ideia de largar tudo para viajar seja linda, ela não é para todo mundo.

5. Tem gente viajando muito pelo mundo sem largar nada.

Esta foi a história mais recente que apareceu pela internet – uma menina que, mesmo sem largar o emprego, visitou 11 países no ano passado. Ela explica como fazer e mostra que com muita organização e dinheiro é possível viver assim. Eu fiz isso por muito tempo antes de virar uma viajante em período integral e acho que, por um lado, viajar assim era até mais divertido do que hoje que tenho todo tempo do mundo.

Acompanhe o blog e as aventuras de Amanda no instagram @amandanoventa, no youtube em Amanda Viaja e no Facebook em Amanda Viaja.

Posts relacionados:

O segredo de quem decide morar um tempo fora do país

Largar tudo está na moda. Mas e quem não pode largar tudo para viajar?

Viajar é preciso

Mais conteúdo sobre:

largar tudoviagemviajar