Primavera no Canadá: parques e jardins coloridos até o verão

Primavera no Canadá: parques e jardins coloridos até o verão

Na primavera do Canadá, flores trazem cor a parques e jardins pelas cidades, que seguem cheias de vida até o fim da época de verão. Cerejeiras, tulipas, magnólias e até lavanda: há sempre uma paisagem diferente a ser vista na natureza até o outono

Nathalia Molina

23 Maio 2017 | 13h13

Tulipas, magnólias e flores de cerejeira ou de lavanda. A primavera canadense é perfumada, uma época especialmente bonita para visitar parques urbanos e jardins das cidades. É tempo de floração no Canadá, que permanece colorido ao ar livre até o verão.


Se sua viagem não for durante a primavera, não se preocupe. Com a chegada do calor no Canadá, há sempre uma paisagem diferente a ser vista na natureza das cidades canadenses até o outono. Após o rigoroso inverno no país, as cores recomeçam a surgir por parques e jardins e mudam ao longo dos meses, até as folhas serem pintadas de dourado a vermelho.

Logo a partir de março e abril, o rosa das flores de cerejeiras toma ruas de cidades como Toronto ou Vancouver e também parques — entre eles, o High Park (na primeira, a maior cidade do Canadá) e o Stanley Park (na outra, localizada na costa do Pacífico). São duas belezuras a qualquer época. Ponto turístico do Canadá, o Stanley Park, em Vancouver, abriga ainda várias atrações dentro dele, como o excelente aquário da cidade.

  • Para planejar sua viagem para a maior cidade do Canadá, leia a série completa que escrevi com textos sobre o que fazer em Toronto

Cerejeiras nas ruas de Vancouver – Foto: Coast Mountain Photography/Tourism Vancouver/Divulgação

Outro clássico ponto turístico do Canadá, Niagara Falls, também mostra beleza natural além das cataratas, na província de Ontário. Entre as atrações na área mantida por Niagara Parks — organização que desde 1885 cuida da preservação de Niagara Falls, do rio e da região ao redor — está um jardim botânico. O Niagara Parks Botanical Gardens é um destino para quem gosta de rosas e magnólias, por exemplo.

Jardim Botânico em Niagara Falls – Foto: Cortesia de Niagara Parks Commission

Ainda na primavera, outras florações enchem o Canadá de vida, como as flores das macieiras que despontam no Annapolis Valley, vale na Nova Scotia conhecido por seus vinhos e suas grandes e suculentas maçãs. Em 2017, o Apple Blossom Festival rola de 24 a 29 de maio em várias cidades da região; com destaque para Wolfville, onde o mercado de produtores (Farmer’s Market) concentra as atividades.

Já no meio do verão, perto do fim de julho, floresce a lavanda pelos campos da província de Quebec. A apenas uma hora e meia de carro a partir de Montreal, de meados de maio ao início de outubro, é possível visitar fazendas como as da Bleu Lavande e da Maison Lavande, que cultiva essas lindas plantas no leste do Canadá desde 2004. Mas, em plena cidade, no centro de Montreal (a segunda maior cidade do Canadá, aliás), eu já tirei fotos com o fundo lilás-violeta dos canteiros perto do prédio da prefeitura.

Lavanda no centro de Montreal – Foto: Nathalia Molina @ComoViaja

Também foi durante essa época do ano que andei de segway entre flores no vale do Rio North Saskatchewan, alimentado pelo degelo nas Montanhas Rochosas, na província de Alberta — a água segue até a cidade de Edmonton e depois rumo ao leste até encontrar o Rio Saskatchewan, no meio do Canadá. Ao longo do vale do North Saskatchewan, Edmonton reúne 22 parques e cerca de 160 quilômetros de percursos para caminhadas ou passeios de bicicleta, na maior área verde urbana da América do Norte.

Vale do rio em Edmonton – Foto: Edmonton Tourism/Divulgação

Ao longo do ano, existem também muitos eventos em parques urbanos e jardins pelo país. De 9 a 18 de junho, o Canadian Garden Council (Conselho Canadense de Jardins) realiza os Garden Days ou Les Journées du Jardin — lembrando que inglês e francês são as línguas oficiais do Canadá, então, organizações e eventos nacionais costumam ter seus nomes em ambos idiomas. Os dias de jardinagem têm atividades em várias cidades.

Durante as celebrações, em cerca de cem cidades, a sexta-feira antes do Dia dos Pais no Canadá (comemorado no terceiro domingo de junho) é o ponto alto: o Dia da Jardinagem. Em 2017, cai em 16 de junho. Nesta data, por exemplo, a garotada pode brincar de caçar gnomos em Butchart Gardens, belo jardim em Brentwood Bay, na província de British Columbia.

Colorido de Burchart Gardens, jardim em British Columbia – Foto: Burchart Gardens/Divulgação

Outro ponto movimentado é Jardim Botânico de Montreal. Já falei aqui sobre o festival de luzes e o Halloween, ambos em outubro. Foi lá que eu vi, em 2013, o Mosaïcultures Internacionales Montréal, evento que agora está sendo realizado em Gatineau. Situada também na província de Quebec, fica à beira do Rio Ottawa, na margem oposta à cidade de mesmo nome, a capital do Canadá, parte da província de Ontário.

Mosaicultura no Jardim Botânico de Montreal – Foto: Nathalia Molina

Sem cobrança de ingresso, o MosaïCanada leva as enormes esculturas feitas de arbustos aos Parc Jacques-Cartier, à beira do rio. Entre 30 de junho e 15 de outubro, então, quem for a Gatineau ou a Ottawa tem a chance de vê-las de graça. Oferecido pela China, para celebrar os 150 anos do Canadá, o MosaïCanada é resultado da parceria entre o Mosaïcultures Internacionales Montréal e o órgão municipal de planejamento urbano de Shanghai.

150 jardins e experiências para festejar o aniversário do Canadá

Como 2017 é de festa pelos 150 anos do Canadá, os jardins do país não poderiam ficar de fora dessa. A celebração inclui eventos pelas cidades e parques nacionais com entrada gratuita durante o ano todo, com a apresentação de um passe da Parks Canada — ou Parcs Canada, como se chama em francês a associação responsável pela preservação das áreas verdes. Para festejar o aniversário do Canadá, foram escolhidos 150 jardins e experiências em jardins, entre eles, o MosaïCanada, em Gatineau.

Festival Canadense das Tulipas, em Ottawa, que acaba de ser realizado na capital do Canadá, também estava na lista. Um dos destaques desta edição foi a tulipa Canada 150, com as cores da bandeira canadense.

Parlamento em Ottawa com jardim de tulipas à frente – Foto: Ottawa Tourism/Divulgação

Tulipas com as cores da bandeira do Canadá – Foto: Canadian Tulip Festival/Divulgação

Outro exemplo é a Tangled Garden, loja de geleias e licores. Tem um jardim aberto à visitação nos fundos, que lembra um quintal de avó. As plantas são várias, em quantidade e tipos. Fica no Grand Pré, região vinícola da província da Nova Scotia. Eu já estive na Tangled Garden e destaco as singulares geleias. Nada açucaradas, levam temperos e ingredientes tão diferentes quanto o ruibarbo, a que também fui apresentada ali.


* Nathalia Molina é jornalista de viagem e especialista em Canadá. Também escreve o Como Viaja, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Acompanhe pelo instagram @ComoViaja, pelo facebook ComoViaja e pelo canal do Como Viaja no YouTube