Visto do Canadá: isenção com eTA para brasileiros vale a partir de 1º de maio

Visto do Canadá: isenção com eTA para brasileiros vale a partir de 1º de maio

Como funciona a eTA do Canadá, a isenção de visto para alguns brasileiros: quem pode pedir, preço, validade e formulário online

Nathalia Molina

19 Abril 2017 | 12h35

Agora é oficial: a partir das 10 horas (horário de Brasília) de 1º de maio, alguns brasileiros passam a ter isenção de visto para o Canadá, fazendo apenas o pedido de uma eTA (Electronic Travel Authorization, sigla em inglês para Autorização Eletrônica de Viagem), para fazer intercâmbio, negócios ou turismo no Canadá ou passar em trânsito por um aeroporto canadense. Saiba abaixo como funciona a eTA do Canadá e como é o procedimento com formulário eletrônico para dar entrada no pedido.

Podem solicitar a eTA brasileiros que já tenham conseguido visto do Canadá nos últimos dez anos (explico como tirar o visto canadense passo a passo no Como Viaja) ou que estejam com um visto de turista válido dos Estados Unidos.  A autorização custa apenas sete dólares canadenses e leva somente alguns minutos para sair — pode demorar alguns dias, caso sejam pedidos documentos adicionais. E melhor: a eTA vale por cinco anos ou até que o passaporte expire, o que ocorrer antes.

A notícia vem em ótimo momento, já que o Canadá celebra seus 150 anos em 2017 com eventos pelo país inteiro, e não apenas no Dia do Canadá, em 1º de julho. Outra iniciativa do ano comemorativo é a entrada gratuita para os parques nacionais, com um passe da Parks Canada.

Se você planeja ir ao país, leia aqui algumas das minhas sugestões, como a brincadeira no Flyover em Vancouver para um sobrevoo pelo país de leste a oeste, a visita ao Parque Olímpico do Montreal e a lista com 9 passeios para crianças em Toronto. No levantamento feito pela equipe do Viagem com os dez destinos para ir em 2017, é possível ler também outros outros dez lugares que são tendência para visitar neste ano, e Toronto está entre eles.

A expectativa era grande que se confirmasse a previsão anunciada em 31 de outubro de 2016 para a isenção de visto do Canadá. A notícia da implantação da eTA para viajantes brasileiros chegou a ser anunciada em outubro de 2015, para começar a valer em 15 de março de 2016. Mas foi adiada e estava sem nova data prevista até 31 de outubro. Hoje o escritório do governo do Canadá no Brasil divulgou um comunicado à imprensa com data e hora para a medida entrar em vigor: a partir das 10 horas de 1º de maio.

Foto: Nathalia Molina

Foto: Nathalia Molina

Entenda as novas regras

A aprovação da eTA para brasileiros não significa, no entanto, que todos estarão livres do pedido de visto para o Canadá. Entenda abaixo as novas regras em detalhe:

1) Quem não vai precisar de visto para ir ao Canadá?

Quem teve um visto do Canadá emitido nos últimos dez anos ou possui um visto de turista válido para os Estados Unidos não precisará de pedir visto do Canadá, poderá solicitar uma eTA a partir das 10 horas de 1º de maio.

2) O que é a Autorização Eletrônica de Viagem (eTA)?

É um formulário eletrônico com as especificações de sua viagem. Quem se encaixar nas exigências para solicitar a eTA, em vez de um visto de visitante, terá de fazer o pedido online pelo site do governo do Canadá. O documento é válido por cinco anos ou até que o passaporte expire (o que ocorrer antes).

3) Para que tipo de viagem a eTA pode ser usada?

A eTa pode ser usada quantas vezes forem necessárias durante sua validade, em viagens de curta duração (geralmente até seis meses), para turismo, estudo ou negócios, além de trânsito por aeroportos canadenses.

4) Quanto custa a eTA e em que site se solicita?

A taxa de emissão de é 7 dólares canadenses (cerca de R$ 16). Paga-se apenas uma vez pelo documento, e não pela utilização. Peça a sua em Canada.ca/eTA. A autorização de viagem costuma vir apenas alguns minutos depois da aplicação — em alguns casos, documentos adicionais podem ser pedidos, o que estende o prazo até a emissão.

5) Viajo com outras pessoas e só algumas são elegíveis à eTA. Como fazemos?

No grupo ou na família que viaja junto, quem pode pedir a eTA pede. As pessoas que não são elegíveis dão entrada em um pedido de visto.

6) Sou elegível para a eTA, mas tirei meu visto canadense há pouco tempo e ele continua válido. Peço uma eTA mesmo assim?

Não é necessário. Se você tem um visto válido, pode viajar com ele diretamente, sem a necessidade de emitir a ETA.

7) Não sou elegível à ETA. Como faço para tirar o visto?

A página do Consulado-Geral do Canadá em São Paulo tem todos os detalhes para o visto.

8) Sou elegível ao ETA, mas vou dos Estados Unidos para o Canadá de carro. Preciso de visto?

Sim. A eTA é válida para viagens aéreas ao Canadá. Se você vai chegar ao país de carro, de trem, de ônibus ou de navio de cruzeiro, tem de pedir um visto.

9) Vou viajar ou trabalhar no Canadá por mais de seis meses. Vou precisar de visto?

Sim. O primeiro passo é dar entrada no pedido de permissão de estudos ou de trabalho. Quando concedida, o visto será emitido automaticamente.


Escrito por Nathalia Molina e Adriana Moreira (editora do Viagem Estadão)

* Nathalia Molina é jornalista de viagem e especialista em Canadá. Também escreve o Como Viaja, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Acompanhe pelo instagram @ComoViaja e pelo facebook ComoViaja

0 Comentários