O luxo nos imóveis de temporada

O luxo nos imóveis de temporada

Mari Campos

13 Maio 2017 | 00h23

Crédito: Mari Campos

Tenho paixão por hotéis. Não apenas gosto desde muito novinha de me hospedar em propriedades cheias de conforto e qualidade como também me interesso cada vez mais, pessoal e profissionalmente, pelo universo da hotelaria. Por outro lado, não foram poucas as vezes que aluguei imóveis de temporada no exterior para meio que “brincar de morar” em outros países. Já aluguei apartamentos de temporada em diferentes destinos por períodos que variaram de três noites a três meses – alugados através das mais distintas plataformas e sites.

Foi só agora, na minha última viagem a Paris entre final de abril e começo de maio, que aluguei pela primeira vez um apartamento através da gigante Airbnb. Escolhi um flat pequeno cheio de design num bairro trendy (o 10ème, que está em constante mutação nos últimos tempos), e farto em novas tecnologias – incluindo cozinha inteligente, vaso sanitário japonês, móveis de premiado design italiano misturadas a peças de antiquário, e até uma (terceira) televisão acoplada na luxuosa banheira. A experiência se revelou melhor do que encomenda: gostei tanto do imóvel que escolhi que, de fato, tive dificuldades em deixa-lo após dez dias muito bem instalada por ali.

Com o mercado de luxo crescendo, era natural que os sites de aluguel de imóveis para temporada deixassem de ser destinados unicamente a quem quisesse economizar as diárias de um hotel. Hoje, muitos deles estão focando justamente em um perfil de público que busca mais espaço e privacidade que um quarto de hotel nas férias sem abrir mão do alto padrão do imóvel em questão.


Recentemente, uma pesquisa da PhoCusWright revelou que anualmente mais americanos escolhem hospedar-se em imóveis de temporada ao menos em parte de suas férias – numa porção do mercado que cresceu de 12% para 24% em cinco anos.  O próprio Airbnb começou alugando quartos nas casas das pessoas; hoje, o portfólio da gigante rede oferece também inúmeros imóveis de altíssimo padrão em diversos destinos do mundo – e recentemente anunciou a compra da luxuosa LuxuryRetreats.com por mais de 200 milhões de dólares (e tem gente dizendo que ainda virá em breve uma subdivisão AirBnB Lux).

Crédito: La Réserve Apartments

A divisão luxury da homeaway.com oferece vilas, castelos e até ilhas privativas em 40 países diferentes – e amenidades como cinema, adegas, heliportos e até iates. A AccorHotels já possui a onefinestay.com e deve comprar em breve a TravelKeys.com, também destinada ao público high end. E o próprio setor “residences” da hotelaria de luxo também não para de crescer no mundo inteiro.

Paris, apesar de seus irretocáveis palácios, é também um bom celeiro para quem quer ter uma bela experiência estilo “home away from home” – e os brasileiros estão no olho do furacão para os investidores. O excelente site alaparisienne.com é especializado em alugar apartamentos de alto padrão para brasileiros, com imóveis cheios de estilo em diferentes pontos da cidade – e metragens generosas de até 200m2. Aluguei no ano passado um imóvel deles próximo à Champs-Elysées e só tenho boas lembranças – inclusive de tomar café todos os dias olhando para a Tore Eiffel. Check in e check out em português, máquinas de café Nespresso, roupas de cama e banho de qualidade, kit de amenidades e ajuda durante a estadia no melhor estilo concierge são pré-requisitos básicos em todos os seus apartamentos.

Mas o luxo por excelência em vacation rentals na cidade luz tem nome: La Réserve Apartments . De propriedade do grupo de hotéis de luxo homônimo, os apartamentos de 140 a 300 metros quadrados ficam todos localizados em um charmoso prédio em frente ao Trocadéro, com a maioria deles tendo vista para a Torre Eiffel.  Há dois anos me hospedei em um de seus apartamentos e posso afirmar categoricamente: decoração funcional e primorosa (nos mínimos detalhes) que não deixa nada a dever aos mais estilosos quartos de hotel da atualidade – e o prédio conta com mordomo e porteiro/concierge 24h por dia. Geladeira abastecida com snacks e bebidas não alcoolicas e acesso à academia com serviço de shuttle fazem parte da tarifa diária do imóvel. O café da manhã também está incluído: é só dizer que horas pretende toma-lo que, no horário exato, a mesa da sala de jantar estará posta, inclusive com croissants quentinhos – e há oferta de chá da tarde também, para os que assim desejarem. Uma camareira arruma o apartamento duas vezes por dia, como num hotel, e ainda se encarrega de lavar e passar as roupas – sem custo extra.

Assim fica fácil se sentir em casa.