O novo The Spa do Renaissance

O novo The Spa do Renaissance

Mari Campos

31 Março 2018 | 19h14

Detalhe da área comum de jacuzzi e sauna. Crédito: Divulgação


Sempre fui fã do Renaissance São Paulo (e gosto inclusive da bandeira Renaissance em si, que sempre tem hotéis interessantes e consistentes em termos de qualidade de serviços e instalações, da unidade ultra americanizada de Curaçao à incrível unidade britânica em St Pancras/Kings Cross). Em São Paulo, acho a localização excelente, tanto para turismo quanto para negócios;  gostei bastante do serviço quando me hospedei lá, gosto dos concierges e guest relations e gosto bastante do restaurante e do bar, que visito com alguma frequência. E agora o hotel ganhou algo que realmente fazia falta: um spa à altura da propriedade.

O novo The Spa at Renaissance, aberto oficialmente no finalzinho de fevereiro último, trouxe mesmo um novo (e necessário) frescor ao hotel, e com uma proposta bem interessante: ser um spa com tratamentos que utilizam somente produtos 100% orgânicos e veganos. Localizado agora em um andar totalmente dedicado ao bem-estar, o novo spa teve suas instalações e seu menu de tratamento inteiramente redesenhados, escolhendo, inclusive, micro-produtores brasileiros para reforçar o novo conceito do espaço (como as ótimas Simple Organic, a Souvie e a Terral).

Todo tratamento começa com um chá feito com ervas do jardim do próprio hotel. Crédito: Mari Campos

A nova recepção, muito clara e com um belíssimo display dos produtos brasileiros que o spa utiliza, ficou excelente. Os novos espaços ficaram muito mais modernos e acolhedores, cheios de cantinhos para relaxar antes ou depois do tratamento. E o spa agora conta também com uma área reservada especial para dia da noiva e celebrações particulares especiais.

Além dos tratamentos estéticos e relaxantes que integram o novo menu, o spa agora oferece também banhos de imersão (relaxantes, energizantes e revitalizantes) preparados com óleos essenciais e ervas naturais colhidas na hora H diretamente do jardim do hotel.  O tratamento “signature” da nova fase é o The Spa Experience, que  tem o abacate como base, somado a óleo de coco, murumuru, melado de cana e açúcar, numa mistura bem brasileira para nutrir e relaxar o corpo.  O longo menu de tratamentos conta ainda com três massagens exclusivas assinadas pela terapeuta Renata França, seis jornadas completas de Day Spa e uma ótima esfoliação à base de açaí (que testei no dia da minha visita).

O novo espaço de alimentação saudável Bytes. Crédito: Mari Campos

O mais interessante é que o novo “piso wellness” do hotel deixou o spa ao lado da academia, da piscina climatizada externa, das saunas e jacuzzi, facilitando bem a vida de quem quer aproveitar ao máximo o espaço. Outra adição importante foi a criação do Bytes, um agradável espaço de alimentação saudável instalado ali mesmo. Fruto da parceria dos chefs Rafaella Ramalho e Gayber Silveira, o café defende que ali se serve “comida de verdade”, incluindo também no cardápio opções veganas, vegetarianas, sem lactose, gluten free e sugar free.  Há buffet de café da manhã e de almoço e também sanduíches, sucos, smoothies e outros petiscos prontos ou à la carte (o “brigadeiro funcional” e o bolo de pote de matcha já viraram sucesso de público neste primeiro mês de funcionamento da casa). Ficou bem bom.