Aveiro: a Veneza de Portugal, mas em melhor

Margarida Vaqueiro Lopes

12 Abril 2016 | 11h38

Sabe aquela cidadezinha onde você chega e já conquista um lugar no seu coração? Aveiro é assim. No centro de Portugal, Aveiro tem cerca de 60 mil habitantes – sim, para vocês é praticamente um bairro – e um encanto muito especial que faz com que muita gente, sobretudo turistas, a apelidem de ‘a Veneza portuguesa’. Isso porque a ria de Aveiro atravessa toda aa cidade e você pode ver os moliceiros – embarcações bem típicas – andando para trás e para a frente todo o dia. Eu por acaso prefiro Aveiro a Veneza, mas bom…deixo para vocês o veredicto final!

Esses barquinhos são super charmosos e coloridos, e se chamam assim porque antigamente eram utilizados para recolher o ‘moliço’, umas plantas aquáticas que eram depois usadas na agricultura. Atualmente eles não recolhem coisa alguma a não ser turistas sedentos de um passeio legal pelos quatro canais da cidade (tem vários operadores fazendo esses passeios e você consegue uma viagem de 45 minutos por cerca de 6 euros. Em todas haverá um guia apresentando os lugares mais importantes por onde passarem). Hoje, também ao contrário do que acontecia antes, os barcos são movidos a motor e não à vela ou com varas, como antigamente.

Outra coisa incrível em Aveiro são – claro! – os doces. Os mais tradicionais são os Ovos Moles de Aveiro e para não variar da tradição nacional, eram confecionados pelas freirinhas que habitavam no Mosteiro de Aveiro. Pode comprar-se o recheio dos ovos moles – creme de ovo bem docinho – em uma espécie de barrica de madeira toda pintadinha com motivos tradicionais portugueses mas o mais comum é comprar caixinhas desse creme envolto em folha de hóstia (essa mesma, igual à que na Igreja usam na comunhão).

 


Aveiro tem também uma universidade muito bem cotada no país, o que devolveu à cidade muita vida e energia que raramente se encontra longe de Lisboa ou do Porto. É fácil encontrar galera muito jovem passeando e os bares também existem em boa quantidade.

Claro que, para mim, importa também a gastronomia, não é mesmo? Então, Aveiro não desilude. Para além das incríveis receitas bem portuguesas e mediterrânicas no geral, é possível comer peixe muito muito fresco e a preços ridiculamente mais baixos do que em Lisboa. Mas o melhor mesmo é ir até à Costa Nova, a praia mais perto de Aveiro (a uns 5 minutos de carro) e provar ali mesmo o peixe. Para além de estar na praia, você vai se encantar com as casinhas cheias de listras e de cor, que são super tradicionais dali, também.

Já agucei sua curiosidade? Corra para lá, então. Afinal!, Portugal não é (MESMO) somente Lisboa ou Porto 🙂

P.S. – Por questões técnicas não estamos conseguindo colocar fotos aqui. Dê uma passada  no Facebook e no Instagram para ver algumas imagens desse passeio!