Comida: Uma chuva de estrelas caiu em Portugal

Margarida Vaqueiro Lopes

30 Novembro 2016 | 09h42

Foram NOVE estrelas Michelin que vieram para Portugal diretinhas de Girona, no dia 24 de Novembro. Não é que a gente não soubesse que a comida portuguesa é incrível, mas ter o reconhecimento gastronómico de alguns restaurantes é ainda mais maravilhoso. Sobretudo porque ajuda a colocar o país na rota gastronômica de muitos amantes de comida que planejam suas viagens em redor do que gostariam de comer.

Uma sardinha bem doce by Sergi Arola © 2016 Sambando em Lisboa. All Rights Reserved

Com essas novas estrelas, e com todas as outras que Portugal já arrecadou – esse ano o país manteve todas aquelas que já tinham sido atribuídas anteriormente – esse retângulo luso conta agora com 26 estrelinhas brilhando sobre os pratos mais incríveis. Curiosamente, ou não, todos os restaurantes estrelados estão sob a responsabilidade de chefs homens, o que parece comprovar aquela teoria de que os elementos do gênero masculino conseguem atingir um nível mais elevado de qualidade no que toca a gastronomia.

Se você é um daqueles loucos por comida que acredita, como eu, que por uma experiência diferente o investimento vale a pena, anote aí os restaurantes que deve experimentar na sua viagem a Portugal 😀


Desses aí eu só experimentei ainda uns três, mas estou super focada em continuar na rota das estrelas! Se já teve a sorte de ir a algum desses lugares, me conte como foi!

Uma estrela

*Alma, Lisboa – Henrique Sá Pessoa

Bon Bon, Carvoeiro – Rui Silvestre

Eleven, Lisboa – Joachim Koerper

*LAB by Sergi Arola, Sintra – Sergi Arola

Feitoria, Lisboa – João Rodrigues

Fortaleza do Guincho, Cascais – Miguel Rocha Vieira

*Casa de Chá da Boa Nova, Leça da Palmeira – Rui Paula

Henrique Leis, Almancil – Henrique Leis

Largo do Paço, Amarante – André Silva

Pedro Lemos, Porto – Pedro Lemos

*Antiqvvm, Porto – Vítor Matos

*William, Madeira – Luís Pestana e Joachim Koerper

São Gabriel, Almancil – Leonel Pereira

Willie’s, Vilamoura – Willie Wurger

*L’and Vineyards – Miguel Laffan

*Loco, Lisboa – Alexandre Silva

 

Os duas estrelas

*The Yeatman, Vila Nova de Gaia – Ricardo Costa

*Il Galo d’Oro, Madeira – Benoît Sinthon

Belcanto, Lisboa – José Avillez

Ocean, Alporchinhos – Hans Neuner

Vila Joya, Albufeira – Dieter Koschina

(*o asterisco indica as novidades deste ano)

Acompanhe o blogue no Facebook e no Instagram