Grécia de mãos dadas com Moscou?

Margarida Vaqueiro Lopes

08 Abril 2015 | 09h19

A Grécia tem dado trabalho desse lado do Atlântico, como vocês sabem. Dessa vez o premiê grego decidiu ir até Moscou, se encontrar com Putin, bem na véspera de ter que pagar 350 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional. Coincidência? Washington e Europa não acreditam nisso. Tsipras diz que quer estar de bem com todo o mundo.A Rússia não está bem com a Europa. A Europa está pressionando a Grécia, que não está cumprindo propriamente as reformas estruturais que Bruxelas pediu.

A verdade é que hoje é um dia tenso aqui na região. Se Alexis Tsipras não tem cuidado, acabará nas mãos de Moscou, sem a Europa como amiga – as autoridades estão nesse momento estudando as sanções a aplicar devido ao conflito na Ucrãnia – e sem dinheiro comunitário. E claro, com o drama que implicaria a Grécia se afastar do projeto Europeu…

Vamos ver até onde vai esse aperto de mão.

 


Moscow.jpg

Mais conteúdo sobre:

EuropaGréciaMoscouPutinTsipras