Os melhores bares de Lisboa

Os melhores bares de Lisboa

Margarida Vaqueiro Lopes

31 Maio 2017 | 09h24

Sabe aquele solzinho gostoso que desce no final da tarde? Que já não é tão quente que não dê para aguentar, mas que convida a ficar mais um pouco pegando vitamina D? Esse solzinho chegou a Portugal em Abril, e depois de alguns dias de chuvas ridículas – e frias, porque aqui quando chove faz frio – veio essa maravilha chamada Primavera. É agora que se você chegar a Lisboa vai ver pessoas andando de sandália ao lado de uma amiga com bota de inverno. É possível ver quem ande de blusa de frio ao lado de alguém de regata, porque na verdade os dias têm uma temperatura bizarra e impossível de adivinhar quando sai de casa.

Mas aí, no final da tarde, parece que tudo se acalma e fica só esse calorzinho, ajudado por uma brisa suave vinda do Tejo, que convida a um cocktail com os amigos ou um copo de vinho branco que retire o estresse do dia-a-dia. Lisboa tem uma quantidade infinda de esplanadas –zonas exteriores com cadeiras e até bares próprios – que podem fazer suas delícias. Tem com vista para o Tejo, para Lisboa, para a ponte 25 de Abril, para a Avenida da Liberdade…tem também aquelas ao nível da rua de onde pode observar as pessoas no seu corre-corre do regresso a casa ou de ida para o trabalho.

Vou deixar aqui cinco das minhas favoritas em Lisboa, onde é fácil encontrar portugueses e estrangeiros, e que por alguma razão me fazem sempre uma pessoa muito feliz quando aproveito o tempo nelas. Não deixe de experimentar pelo menos alguma delas na sua próxima viagem a Portugal!

À margem


É um pequeno bar em Belém, bem junto ao rio Tejo, onde é possível ver gente correndo, passeando de mão dada ou somente observar as águas que banham a cidade. A tábua de queijos e um copo de vinho branco são a minha opção favorita, lá. Se esfriar, eles providenciam uma manta quentinha para você não ter que ir embora.

 

© TripAdvisor. All Rights Reserved

Este-Oeste

Essa aí também é em Belém e nem a adoro pela vista. Mas gosto muito do ambiente que se vive por lá. Geralmente, o chope de final de tarde dá lugar a jantar num lugar onde desde italiano a japonês, tudo é incrível. Fica bem no Centro Cultural de Belém, um lugar a não perder na cidade.

© Zomato. All Rights Reserved

Bénard

Em pleno Chiado, todo o mundo adora a Brasileira com a estátua do Fernando Pessoa. Mas eu pessoalmente prefiro a Bénard. A esplanada, bem ao lado da Brasileira, tem garçons mais simpáticos e uma arma secreta infalível: o melhor croissant de chocolate de Lisboa! E de lá você consegue admirar todo o movimento de um dos bairros mais bonitos de Lisboa.

© Zomato. All Rights Reserved

Le Chat

O restaurante do Museu Nacional de Arte Antiga é sempre um porto seguro onde voltar. Longe dos bairros mais badalados nessa época, ele oferece uma bonita vista e um ambiente super tranquilo. Eu adoro almoçar, jantar ou apenas passar lá uma hora no final do dia. Além disso, os cocktails são maravilhoso – arrisque pedir o cocktail da semana e se surpreenda!

© Zomato. All Rights Reserved

Myriad by Sana Hotels

Na outra ponta da cidade, no Parque das Nações, há um hotel do grupo Sana chamado Myriad. Logo no piso da entrada você encontra um bar que quase nos senta dentro de água. É um ambiente mais formal e executivo, mas é incrível quando precisa de ter apenas um pouco de silêncio ou se quiser namorar tranquilamente. Além disso, tem a vantagem de só ver praticamente água.

© Myriad by Sana Hotels. All Rights Reserved