Prova de vinhos portugueses

Margarida Vaqueiro Lopes

06 Novembro 2014 | 09h00

Todo o mundo sabe que se há coisa boa em Portugal é o vinho. A gente tem produção nacional de uma variedade super alargada de bons vinhos – tintos, brancos, rosé…Portugal produz até espumante, e vinhos licorosos muito bons – o mais conhecido é o vinho do Porto, de que você certamente já ouviu falar (ou quem sabe até provou).


Quando você está em Portugal, deite um olho no que as pessoas tomam à refeição: é raro não ser vinho. A gente toma um copo de vinho sempre que pode, mesmo que seja a trabalho. Na verdade, um almoço de negócios, geralmente, sempre tem uma boa garrafa de vinho que ajudará no brinde final. Mesmo em casa é habitual a gente ter uma adega bem recheada, com vinhos de razoável qualidade que se compram em qualquer mercado. Aqui você encontrará vinhos de qualidade superior por preços a partir dos 4 euros por garrafa – também tem bons vinhos, para o dia-a-dia, a metade desse preço. Legal, né? 

Screen_Shot_2014_11_06_at_12.38.30_AM.png

A Quinta [©Companhia Agrícola do Sanguinhal]

 Então, a minha sugestão de hoje é que você aproveite essa estada em Portugal para conhecer um pouco melhor esse mundo dos vinhos de que a gente tanto gosta. Tem vááários lugares que fazem o programinha de que vou falar para vocês, mas esse tem a vantagem de ficar super perto de Lisboa e de eu ter experimentado, o que significa que estou dando para vocês uma dica de amiga. Portanto, se prepare para anotar, que quero mandar você para fazer uma prova de vinhos, depois de ter visitado algumas vinhas e ouvido as explicações de alguém que descende de uma família de produtores.

Ou seja, vá conhecer a Quinta do Sanguinhal – eles têm várias marcas de vinho – numa visita guiada.

Comece por fazer a visita aos jardins (são do séc. XIX e são lindos!)  assim como às vinhas da Quinta do Sanguinhal. Vão contar para você um pouco de História e esclarecer dúvidas básicas. Depois disso, levarão você a visitar a uma antiga destilaria onde antes produziam aguardentes vínicas e aguardentes bagaceiras – uma espécie de cachaça. Esse programa inclui ainda a visita a um lagar daqueles bem antigos (esse é de 1871) e a uma cave que tem mais de 30 pipas onde o vinho estagia.

Screen_Shot_2014_11_06_at_12.29.35_AM.png

Os jardins [©Companhia Agrícola do Sanguinhal]

 Basicamente a ideia é que você conheça e entenda todo o processo de produção do vinho até ao momento de que a gente mais gosta: a prova!! A parte mais legal, para mim, é que essas visitas são geralmente conduzidas por alguém da família, então o carinho, as memórias e as curiosidades são uma super mais-valia na hora de fazer a visita.

Essa experiência dura cerca de uma hora e meia e inclui, para além do que eu falei, a prova de sete (isso, SETE) vinhos diferentes: dois vinhos brancos, três vinhos tintos, um vinho rosé e um vinho licoroso. Tudo isso acompanhado de torradas, queijos e bolos tradicionais – o estômago precisa aguentar, né?

Screen_Shot_2014_11_06_at_12.28.35_AM.png

As vinhas [©Companhia Agrícola do Sanguinhal]

A Quinta do Sanguinhal fica a menos de uma hora de Lisboa, e você pode chegar lá perto de ônibus – tem de hora a hora desde o Campo Grande, um dos principais terminais rodoviários de Lisboa.  Você compra a passagem para o Bombarral, e sai nessa cidadezinha. Depois, o mais fácil é pegar um taxi – leva uns 5 minutos – que leve você direto para a Quinta. Todo o mundo sabe onde é!

Tem ainda outra opção, que pode ser bem legal: alugue um carro com GPS e vá de Lisboa para lá. São uns 50 minutos dirigindo, quase sem margem para errar o caminho. Depois da visita – e pode pedir indicações à simpática família que vai acolher você – pegue novamente a estrada e vá até Óbidos. São uns 10 minutos até lá e o passeio é lindo. Lembre que a visita e a prova de vinhos só tomou 1h30 do seu dia! Você pode dormir na região, mesmo, ou se preferir volta a Lisboa, também é fácil fazer. Vou repetir: você levará apenas cerca de uma hora no caminho de volta. E talvez seja boa ideia ter um carro, para carregar todas as garrafas de vinho que você vai querer com você no regresso!! 🙂

Quanto custa? Durante a semana, e para um mínimo de duas pessoas, a visita e a prova de vinhos custa  20 euros por pessoa. No final de semana ou em feriados encarece um pouco, mas ainda assim vale bem a pena: para grupos até cinco pessoas são 38 euros por pessoa; para grupos de 6 a 12 pessoas são 33 euros por pessoa. Para grupos de mais de doze pessoas são 20 euros. Tem também uma opção com jantar para grupos de mais de 20 pessoas.

Reservas: Não esqueça de marcar a sua visita – precisa garantir que alguém está lá para te receber, né? Todas as visitas guiadas podem ser feitas em português, inglês, alemão, francês ou espanhol. Não esqueça de indicar qual o idioma que prefere na hora de marcar! Deixo o contato aí:

Contatos:

Tel. (+351) 262 609 190 /  (+351) 914 493 231

enoturismo@vinhos-sanguinhal.pt