Vinhos de Portugal 2018

Vinhos de Portugal 2018

Margarida Vaqueiro Lopes

28 Setembro 2017 | 10h21

Eu sei!, qualquer dia vocês não aguentam mais um texto sobre vinhos. Mas assim: está super na moda tomar vinho e está ainda mais na moda tomar um BOM vinho. Ora, em Portugal a agente sabe fazer poucas coisas (mentira!), mas uma delas é precisamente o néctar dos deuses. E é super difícil na hora de escolher, precisamente porque a gente tem um monte. E quando você pedir uma recomendação, o garçon ou o atendente do supermercado vai apontar os vinhos que conhece e que já provou [ou então os mais caros], e não os vinhos que realmente podem lhe interessar.

Já falei aqui milhões de vezes que a gente tem opções que vão dos 3 euros aos 400 euros, não é? Pois bem, num país com mais de 10 regiões de vinho e cerca de 300 castas de uva diferente, sem ajuda a gente não consegue tomar decisões sobre se queremos branco, tinto, rosé, espumante, Douro, Dão, Alentejo ou Lisboa. Mas como eu sou uma moça simpática, deixo aí para vocês uma recomendação de um livro que é um must have desse ano. Assim que chegar em Portugal procure o Vinhos de Portugal 2018 (editado pela Oficina do Livro e que custa 15 euros, mais ou menos) e comece a marcar os seus favoritos entre a lista preparada pelo João Paulo Martins. 

O João é um dos mais respeitados e reconhecidos jornalistas portugueses especializado na área de vinhos, e é também membro do júri de muitos concursos de vinhos internacionais. Há muitos anos que o João Paulo prova, conhece, compara e analisa vinhos e esse guia é mais um exemplar de um trabalho incrível que ele faz e que dá um jeitaço para quem, como eu, é super leigo nessas coisas de escolher um bom vinho branco para acompanhar um bom prato de comida! É que tem até um capitulozinho dedicado a garrafas de vinho que custam entre 4 e 10 euros (entre 15 e 40 reais) e que  são incríveis!

É possível que essa seja uma das dicas mais valiosas que já deixei por aqui, minha gente. E se por acaso comprarem o livro, me avisem. Adoraria saber que há mais apaixonados pelo vinho português por esse mundo fora!


Continue Sambando no Facebook e no Instagram do blogue.