Disney de novo?

Disney de novo?

Daniel Ribeiro

28 Abril 2016 | 09h20

Show noturno do Magic Kingdom, a atração mais tradicional dos parques. Foto: Divulgação/ Disney

Show noturno do Magic Kingdom, a atração mais tradicional dos parques. Foto: Divulgação/ Disney


Eu nunca fui à Disney. Tenho preguiça, confesso. Mas me intriga que muita gente já foi muitas vezes e pretende continuar repetindo o roteiro quantas vezes forem possíveis. O que será que a Disney tem de tão especial? A experiência dos turistas por lá é tão boa que o Instituto Disney promove cursos mundo afora para ensinar o que os faz tão bem-sucedidos.

Falei com várias pessoas para saber o que é que a baiana Disney tem. Algumas já visitaram a atração mais de 15 vezes e já planejam voltar. Já foram com os filhos, a sogra, irmãos, sobrinhos, primos e amigos. Os que foram não param de dizer que a Disney é mágica. Até o Steven Tyler foi comemorar o aniversário lá no mês passado!

Steven Tyler comemora seu aniversário ao lado da família e amigos no Parque Magic Kingdom no Walt Disney World Resort, em Lake Buena Vista, Flórida, no dia 26 de março. Foto: David Roark/ Divulgação Disney

Steven Tyler comemora seu aniversário ao lado da família e amigos no Parque Magic Kingdom no Walt Disney World Resort, em Lake Buena Vista, Flórida, no dia 26 de março. Foto: David Roark/ Divulgação Disney

Os habitués garantem que os parques são uma garantia de que a viagem vai dar certo. “Tudo é perfeito, tudo é limpo, tudo funciona”, eles disseram. A estrutura dos parques proporciona uma experiência turística acessível e agradável para diversos perfis de turistas. Muita gente torce o nariz quando fala de lá, mas não conheço ninguém que foi e não queira voltar.

Existe até um programa de fidelidade da Disney, o Disney Timeshare, no qual os associados pagam uma quantia por ano e tem direito a hospedagem quando estão lá, entre outros benefícios.

Turismo de experiência

Se a Disney se propõe a encantar os turistas, eles conseguem. Os parques recebem tantos turistas de volta que dão cursos de como fazer isso. E essas aulas do Instituto Disney sobre marketing sãodisputadas.  Na página principal do instituto eles dizem:

“Há 60 anos, a The Walt Disney Company vem se aperfeiçoando na arte de fazer as pessoas felizes. E quando se trata de compreender como é que se aperfeiçoou essa experiência com o cliente, bem, nós achamos que podemos oferecer a sala de aula mais incrível do mundo. Com cursos oferecidos pelo Disney Institute, você vai descobrir maneiras de impactar positivamente a sua organização e os clientes que você atende imerso em liderança, serviço e engajamento dos funcionários”.

Walt Disney apresenta o projeto dos parques na Flórida. O projeto foi envolto em segredo até que a Disney divulgou seus planos na primavera de 1965. Foto: Divulgação Disney

 

É barato ir para a Disney

Não se trata apenas de ser um mundo mágico e perfeito. Por ser um destino procurado pelos brasileiros o ano todo, o preço se torna uma grande vantagem. Há vários voos diários para Orlando e sempre há pelo menos um hotel em promoção. Em uma rápida pesquisa encontrei um pacote de 8 noites em Orlando por  cerca de R$ 3 mil. Somente para comparação, as mesmas 8 noites, na mesma época e pela mesma agência, em Nova York sai por quase R$ 7 mil.

 

Quer mais dicas? Me segue no instagram @aqueledaniel e curte a página doViagem Sem Fim no Facebook!

Tem também um canal do Viagem Sem Fim no Youtube. Se inscreva!