A bike e o homem amazoniense
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A bike e o homem amazoniense

Bruna Tiussu

21 Março 2012 | 14h20

Foto: Reprodução

Bruna Tiussu

Enquanto São Paulo e outras grandes metrópoles do País lutam pela conscientização da bicicleta como possível meio de transporte, aqui no Amapá ela é constante nas ruas e avenidas.
Seja na capital Macapá ou nas cidadezinhas do interior, lá vão adultos e crianças conduzindo suas bikes pra cima e pra baixo. É cultural. É regional. E todos dizem que assim é desde sempre.


Foto: Reprodução

Tão característico daqui que o fotógrafo e cinegrafista Diogo Vianna desenvolveu um projeto que traça a relação do homem da Amazônia com a natureza. Batizado de Ciclos, visitou cidades, comunidades, cortou rios e percorreu estradas registrando imagens da rotina local. Na primeira etapa, montou uma mostra em Belém, depois, a coleção de fotos e um vídeo institucional chegaram ao Museu Joaquim Caetano, em Macapá, no dia 4 de fevereiro.

Chopp aqui não é cerveja tirada na pressão, mas o que conhecemos como sacolé ou geladinho. Foto: Reprodução

As imagens, sempre com toques poéticos, retratam episódios do dia a dia do povo, colocando a bike como elemento imprescindível da identidade cultural. Como afirma o próprio autor do projeto: “é impossível dissociar a bicicleta da vida de grande parte da população amazônica.”