Atrações extintas da Disney mexem com a nostalgia e com o bolso de fãs
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Atrações extintas da Disney mexem com a nostalgia e com o bolso de fãs

Viagem Estadão

27 Outubro 2017 | 23h00

Por Gustavo Zucchi, especial para O Estado

Foto: Walt Dated World

Ir até a Walt Disney World, em Orlando, ou à Disneylândia da Califórnia hoje é uma experiência diferente do que era em 1971 e 1955 (quando os parques foram abertos, respectivamente). E não é apenas por conta das novas atrações, incluindo os parques que surgiram nos anos seguintes, como Epcot, Hollywood Studios (antigo Disney/MGM Studios) e Animal Kingdom, mas também por conta do que já não existe mais. Com a força da internet, os nostálgicos de outra época relembram os brinquedos que deram lugar a experiências mais modernas e até mesmo levam para casa “lembrancinhas”de um passado não tão distante.

Em julho deste ano, por exemplo, a Van Eaton Galleries, em Sherman Oaks, na Califórnia, fez um leilão de aproximadamente mil peças relacionadas ao parques da Disney, arrecadando US$ 1.325.795 dólares. Entre os itens de maior valor está, por exemplo, a roupa utilizada por um dos animatronics na primeira versão do Journey Into Imagination ( um passeio com bonecos animatrônicos que levava as crianças a conhecerem os sentidos do corpo humano; hoje uma nova versão está funcionando) por US$ 10.500. Os bancos utilizados no submarino de 20.000 Leagues Under the Sea: Submarine Voyage (uma jornada inspirada no clássico 20.000 Léguas Submarinas, que fechou em 1994) e pequenos demônios que eram utilizados em Mr. Toad’s Wild Ride (um passeio no escuro baseado no filme lançado no Brasil como As Aventuras de Ichabod e Sr. Sapo, e que foi substituído na Flórida por um brinquedo do Ursinho Pooh). Em 2015, chegou a ser leiloado até mesmo um bondinho do antigo teleférico que existia na Disney, com preços começando em US$ 200 mil.


Passeio pela velha Disney. Mesmo quem não pode ter uma coleção tão cara dá um jeito de manter a história viva. Na internet há comunidades imensas dedicadas a resgatar e mostrar como era uma Disney que não existe mais. É o caso do site Walt Dated World, aberto em 2001 e atualizado até hoje. Ali, detalhada em fotos e vídeos está a paixão de Alison Dasso, hoje com 42 anos, pelo que ela conheceu pela primeira vez quando tinha apenas quatro, em 1978.


Alison Dasso em sua primeira visita ao Walt Disney World

“Eu amo história em geral e acredito que o motivo de eu focar em atrações que foram removidas é que cada uma delas significou algo em um certo momento da vida de alguém. Se você visitou o Magic Kingdom nos anos 70, por exemplo, você vai sempre associar o passeio ao Mr. Toad’s Wild Ride. Eu lembro de ir na atração e realmente fingir que estava dirigindo o carrinho! Ou quem foi ao Epcot nos anos 80 vai lembrar do Horizon (fechado em 1999 para dar lugar ao Mission:Space)”, explica Alisson.

“Eu não conseguia achar nenhum registro histórico sobre os parques da Flórida em 2001, enquanto na época era mais fácil achar material sobre a Disneylândia. Eu tinha dezenas de fotos e mapas das minhas visitas e decidi criar o site focado no que já não existia mais”, conta.

Hoje, Alisson não está sozinha. Com a nostalgia em alta, dezenas de sites, comunidades e canais no YouTube (confira relação no final da matéria) se propõem a levar o internauta para um passeio em uma Disney que hoje não existe mais. Para Alisson, a atração que nunca vai sair da mente é  Mickey Mouse Revue, um passeio com bonecos animatrônicos do símbolo máximo da marca, fechado em 1980.

“Ele tinha alguns personagens bastante obscuros do desenho The Country Cousin (1936). O outro que eu sinto falta é  o Plaza Swan Boats (um passeio de barco em forma de cisne pelo Magic Kingdom), em especial porque nunca consegui realmente andar nele”, explica Alisson.

Para quem quiser comprar uma recordação de um brinquedo antigo da Disney, alguns sites comercializam esse tipo de memorabilia como o Theme Park Connection (themeparkconnection.myshopify.com; desde itens mais baratos até objetos mais históricos, como um boneco animatrônico utilizado para apresentar atrações da Disney no canal da empresa, o Tom Morrow) e o Phil Sears Collectibles (phil-sears.com).

Confira como eram mais algumas das atrações que não existem mais:

ALIEN: ENCOUNTER

MAELSTROM

PLAZA SWAN BOATS

Onde conferir mais atrações antigas da Disney:
yesterland.com
retrowdw.com
extinctdisney.com
waltdatedworld.com

 

Mais conteúdo sobre:

Walt Disney WorldEstados Unidos