Capital da Bulgária paralisa obras do metrô ao encontrar ruínas históricas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Capital da Bulgária paralisa obras do metrô ao encontrar ruínas históricas

Felipe Mortara

11 Agosto 2012 | 20h33

 Foto: Stoyan Nenov/REUTERS

Um inusitado sítio arqueológico surgiu no final de julho no centro de Sófia, capital da Bulgária. Durante as obras de uma nova linha de metrô operários deram de cara com antigas construções que historiadores apontam como sendo os restos de Serdica, uma cidade cosmopolita do século 4º. d.C.. Acredita-se que Constantino o Grande, o primeiro imperador romano cristão, viveu por um ano ali, enquanto procurava uma nova capital para seu império. No local foram encontrados túmulos antigos, mosaicos e um sofisticado sistema de esgoto.


  Foto: Stoyan Nenov/REUTERS

 Foto: Stoyan Nenov/REUTERS