Como tirar o visto para os Estados Unidos, em detalhes
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como tirar o visto para os Estados Unidos, em detalhes

Bruna Tiussu

13 Dezembro 2012 | 21h27

Por Luciano Bottini, Luísa Melo, Luiza Vieira, Márcio Dolzan, Mateus Coutinho e Mônica Reolom

Atualizado às 17h do dia 11 de abril de 2016

 

Dando sequência ao nosso guia-básico do viajante, confira agora as instruções para aqueles que escolhem os Estados Unidos como destino de férias e, consequentemente, precisam solicitar o visto de turista obrigatório para entrar no país:


O primeiro passo para obtê-lo (é chamado de Business/Tourism – B1/ B2) é preencher o formulário DS-160 no site do Consulado. Apesar de as instruções estarem em português, todo o formulário é em inglês e deve ser preenchido na língua americana. Ao longo do preenchimento, é possível salvar o documento no seu computador, por garantia ou até para interromper e continuar o processo depois. Haverá um campo para inserir sua foto digital, várias questões como período e endereço nos Estados Unidos, e em qual  consulado fará a entrevista (Brasília, Recife, Rio de Janeiro ou São Paulo) – mudanças no local de entrevista são possíveis com um novo preenchimento.

Depois de finalizado o formulário, há que pagar uma taxa de US$ 160 (por cartão de crédito ou boleto bancário). Depois, espere de 1 a 2 dias úteis para o pagamento ser processado e volte na página para agendar sua entrevista (o agendamento também pode ser feito por telefone ou via skype) – na semana passada, era possível marcar para dois dias após a consulta no Consulado de São Paulo . O solicitante deve ter em mãos, neste momento, a página de confirmação do formulário DS-160 (com código de barras), o número do recibo de pagamento da taxa e o número de passaporte. Menores de 15 anos e maiores de 66 anos de idade estão dispensados da etapa de entrevista. Brasileiros que já tenham tirado um visto de viagem vencido até 48 meses antes do pedido de renovação também não precisam passar pela entrevista. Essas pessoas devem apresentar o seu visto anterior ao consulado.

passaporte-dida sampaio

Entrevista. É preciso levar documentos que demonstre que você tem condições financeiras de ir aos EUA e não quer sair definitivamente do Brasil. Não há uma lista de documentos predeterminados para apresentar nesse dia, além do passaporte (com pelo menos seis meses de validade), uma cópia da confirmação do DS-160 e uma foto 5 x5. Os comprovantes mais comuns para mostrar a intenção de voltar do turista são: imposto de renda de pessoa física e jurídica, contra-cheques, certidão de casamento/nascimento, comprovantes de bens como carro, casa ou outra propriedade. Não é necessário ter reservas de passagens aos EUA.

Atenção: Não é permitido entrar com celulares ou equipamentos eletrônicos no Consulado. E, na hora da entrevista, esteja preparado para perguntar como: Para onde você vai? Com quem irá viajar? Quanto tempo pretender ficar no país? A aprovação – ou negativa – do visto é imediata.
Seu passaporte, então, fica retido para a emissão do visto. Se escolheu buscá-lo pessoalmente, espere o período indicado. Caso prefira recebê-lo em casa, o pagamento é feito no próprio consulado (para moradores de São Paulo, o valor é de R$ 22). No entanto, um liminar da Justiça Federal barrou a entrega que era feita pela empresa DHL desde o dia 26 de outubro. O consulado informou que ainda está em “reestruturação do processo de entrega”, por isso, há lentidão. Se for solicitá-lo agora, prefira  a opção “retirar em um CASV”.