Harry Potter: mais detalhes sobre ampliação de parque temático da Universal em Orlando
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Harry Potter: mais detalhes sobre ampliação de parque temático da Universal em Orlando

Fabio Vendrame

14 Março 2014 | 08h00

O ator Oliver Phelps (Fred Weasley nos filmes) esteve em São Paulo – Foto: Divulgação

Fábio Vendrame

A conta-gotas a Universal vai soltando informações sobre a ampliação do The Wizarding World of Harry Potter – Diagon Alley em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos. Em evento realizado na terça-feira (11), em São Paulo, foram divulgados mais detalhes sobre o empreendimento, que dobrará a área dedicada ao bruxinho, integrando os parques Universal Studios Florida e Islands of Adventure. No entanto, mistérios ainda cercam a nova atração: a data de inauguração continua indefinida. A única informação sobre isso é que será aberta no verão americano, que vai de junho a setembro.

A grande atração será uma viagem a bordo do Hogwarts Express, locomotiva que vai ligar Londres a Hogsmeade. “Será uma experiência vibrante, inédita e inesquecível para os visitantes”, disse, por videoconferência, o diretor da Universal Creative, Mark Woodbury. Envolta em inovações tecnológicas, a viagem proporcionará diferentes emoções tanto no trajeto de ida como no de volta. “Trabalhamos em conjunto com a Warner Bros., Stuart Craig e a equipe dos filmes para que tudo seja o mais fiel possível”, disse Woodbury.


Das janelas do trem, os visitantes vão acompanhar as peripécias dos gêmeos Weasley em suas vassouras mágicas, Hagrid em sua moto voadora e o Knight Bus nas ruas londrinas,  entre outros efeitos especiais. “Será uma experiência autêntica. Acho que até mesmo o elenco (que participou dos filmes) vai se surpreender”, disse Oliver Phelps, ator inglês que interpretou um dos gêmeos no cinema. Phelps esteve presente ao evento, atraindo grupos de adolescentes à porta do Tivoli Mofarrej, nos Jardins, onde ficou hospedado.

Ingressos. Para curtir a atração, os visitantes terão de adquirir ingressos park to park, ressaltou o diretor sênior da Universal na América Latina, Marcos Paes de Barros.  “Comprar antecipadamente é mais prático e econômico para o viajante. Sai cerca de 20 dólares mais barato do que na porta dos parques”, disse Paes de Barros. “Inclusive, o Bonus Ticket nem disponível nas bilheterias está, já que foi um ingresso criado para atender à demanda de viajantes internacionais, como os brasileiros.” Os valores começam em US$ 175,99 (adulto), para dois dias. As entradas podem ser compradas pela internet.

Paes de Barros lembrou ainda que em 31 de março será aberto o Universal’s Cabana Bay Beach Resort, quarto hotel dentro do complexo de entretenimento. O Brasil se tornou, no ano passado, o segundo maior emissor de turistas, atrás apenas da Inglaterra. Por isso, São Paulo foi escolhida para ser a segunda cidade a receber o anúncio das novidades – a primeira foi Londres.