Lar do ‘Abaporu’, Malba exibe minipessoas de Liliana Porter
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lar do ‘Abaporu’, Malba exibe minipessoas de Liliana Porter

Mônica Nóbrega

07 Outubro 2013 | 23h05

Mônica Nobrega / BUENOS AIRES

Figuras humanas com poucos milímetros de altura imersas em situações do cotidiano – um cotidiano meio caótico, é verdade – são as estrelas da mostra O Homem Com Machado e Outras Situações Breves, da multiartista Liliana Porter, em cartaz no Malba até 18 de novembro.


Minifiguras humanas de Liliana Porter. Fotos Mônica Nobrega/Estadão

Sucata e peças de mercados de pulgas fazem parte da mostra

O Malba (nome completo: Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires) é aquele museu ao qual nós, brasileiros, vamos para ver o Abaporu (1928) de Tarsila do Amaral. E do qual saímos encantados por dar de cara também com Frida Kahlo em autorretrato, Andy Warhol segurando espigas de milho, Alejandro Xul Solar e sua pareja algo cubista, algo surrealista, Fernando Botero… Arte contemporânea e pop na veia, portanto.

O Abaporu, de Tarsila do Amaral…

 

… e as espigas de milho de Martha Minujin e Andy Warhol

Todos esses fazem parte do acervo permanente. Já Liliana Porter, a estrela da mostra temporária atual, é argentina que vive em Nova York há quase 50 anos e tem, no currículo, MoMA, Metropolitan (ambos em Nova York), Tate Modern (Londres), Smithsonian (Washington), Reina Sofia (Madri), Biblioteca Nacional de Paris e muitos outros. Pinta, faz instalações, vídeos, desenhos.

Em O Homem Com Machado…, seus minúsculos personagens são vistos desfiando um novelo, construindo, destruindo, indo e voltando, limpando e sujando novamente. Tudo isso cercados por objetos de mercados de pulgas, tintas, papel, manchas.

Compacto, o Malba comporta uma visita rápida, de uma a duas horas. Mas também tem obras provocativas o suficiente para ensejar momentos de reflexão. Vale a pena demorar. Ah: o ingresso custa 40 pesos (15 reais) para adultos. Fecha às terças-feiras.

Compacto, Malba permite visita sem pressa