Mercado da Ribeira, agora mais gourmet
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mercado da Ribeira, agora mais gourmet

Adriana Moreira

16 Maio 2014 | 13h26

Adriana Moreira

Caminhões não param de descarregar material. Operários lixam as paredes sobre andaimes e não há ninguém por ali que não aparente estar com pressa. Era assim o clima no Mercado da Ribeira ontem (15): todos dando os retoques finais para a cerimônia de abertura oficial neste sábado (17), apenas para convidados. O público em geral irá conhecer as novidades no domingo (18).

Detalhe da fachada. Foto: Adriana Moreira/Estadão

Esta é a primeira de três fases de um projeto de revitalização idealizado pela revista Time Out, que ganhou num concurso em 2010 o direito a explorar o espaço ao longo de 20 anos. A ideia é fazer do tradicional mercado, de 1882, um espaço de gastronomia, lazer e cultura com a cara da cidade.


Nesta primeira etapa, será aberta a nova praça gastronômica, localizada no térreo. Ao todo, são 30 espaços comerciais e uma área de alimentação com 750 mesas para saborear o melhor da culinária portuguesa. Entre os destaques, o chef austríaco Dieter Koschina, do Vila Joya, em Albufeira (duas estrelas Michelin e 22.º do mundo na lista da revista Restaurant deste ano), que investiu ali no projeto do Tartar-ia, especializado em tartares. Apesar de Koschina ter desenvolvido o menu, a cozinha ficará sob o comando de Gebhard Schachermayer, e outros chefs criarão pratos que ficarão por tempo limitado no menu.

Últimos retoques no Mercado. Foto: Adriana Moreira/Estadão

Filiais de pontos clássicos da cidade, como a peixaria Sea Me (no Chiado), Café de São Bento (Rato), além de chocolaterias, sorveterias, cervejarias e lojas de conserva também estão entre as novidades. Ao todo, o projeto do novo Mercado da Ribeira tem um custo estimado de 5 milhões de euros. A segunda fase do projeto, que prevê a reforma do piso superior, ainda não tem data para ser inaugurada.

O mercado fica na região do Cais do Sodré (em frente ao metrô), que nos últimos anos também vem passando por um processo de revitalização. Antes degradada, a área agora reúne bares descolados, baladas e uma cena noturna que reúne turistas e locais – até o chef-celebridade Anthony Bourdain já andou por lá. O novo espaço gastronômico promete agitar ainda mais esse trecho da cidade, já que seu horário também será ampliado: das 10 da manhã à meia-noite de domingo a quarta. e até as 2 da manhã de quinta a sábado.

 

Noite animada no Cais do Sodré. Foto: Adriana Moreira/Estadão