No palco, encenações da Paixão de Cristo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No palco, encenações da Paixão de Cristo

Bruna Tiussu

15 Março 2012 | 17h26

Vem aí o feriado da Semana Santa, e também as grandes encenações da Paixão de Cristo. Aqui no Brasil, a mais tradicional e grandiosa é a de Nova Jerusalém, em Pernambuco. A superprodução é realizada no que chamam de cidade-teatro, no distrito de Fazenda Nova, a 180 quilômetros de Recife – praticamente um enorme teatro a céu aberto, cercado por gigantescas muralhas.
O espetáculo, este ano realizado de 30 de março a 7 de abril, chega ao seu 45º ano com novidades: melhorias no sistema de iluminação cênica e som, novos efeitos especiais, além da renovação completa das 800 peças do figurino. No papel de Jesus, trará o ator pernambucano José Barbosa, que contracenará com os globais Caco Ciocler (Judas) e Larissa Maciel (Maria). Ao todo são 550 atores e figurantes.
Como de costume, a encenação será completa: começa com o Sermão da Montanha, quando Jesus descobre que será perseguido, e vai até o sepultamento e a ressurreição. A plateia segue a apresentação por nove cenários. Mais informações no site oficial.
Foto: Epitácio Pessoa/AE
Mato Grosso
O ator Luigi Baricelli será a estrela principal do Auto da Paixão de Cristo, evento gratuito realizado na Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), em Cuiabá. Para realizar a encenação, que figura entre as maiores do País, conta com outras 170 pessoas no elenco. Este ano, serão cinco dias de espetáculo: de 28 março a 1.º de abril.
Goiás
Trata-se da versão brasileira da Paixão de Cristo tal qual é encenada em toda Espanha. A iluminação pública de Goías Velho, a antiga capital do Estado, é apagada quando os farricocos – soldados com capuzes coloridos e pontiagudos, que levam nas mãos tochas de fogo – saem em procissão cantando músicas sacras ao som de tambores. Na chamada Procissão do Fogaréu, a multidão partirá da Igreja Nossa Senhora da Boa Morte à meia-noite da quarta-feira (5 de abril), dia que, segundo a tradição católica, antecede a prisão de Jesus.  Na quinta-feira, cerimônias representam o ritual do lava-pés e, na sexta, a crucificação de Cristo.
São Paulo
Já começaram os preparativos para a encenação tradicional de Santana do Parnaíba, na Grande São Paulo. Batizada de Drama da Paixão de Cristo, está marcada para os dias 28, 29 e 30 de março, com apresentações às 20h30 nos palcos montados na barragem Edgard de Souza. A peça, este ano dividida em duas partes, terá 120 atores e 800 figurantes – o ator Sinnayder Barcelos fará o papel de Jesus pelo terceiro ano.