As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para se vestir como uma nova-iorquina

Mônica Nóbrega

21 Novembro 2016 | 19h24

Nova-iorquinas vivem em uma metrópole que nunca dorme, em que andar a pé é regra e as baldeações do metrô, constantes; por isso,  são descomplicadas

Nova-iorquinas vivem em uma metrópole que nunca dorme, em que andar a pé é regra e as baldeações do metrô, constantes; por isso,  são descomplicadas

Por Giovana Romani

As parisiense são básicas, chiques sem esforço. As londrinas curtem um visual moderno, meio punk e mais agressivo. As milanesas esbanjam exuberância, adoram estampas e tendências. Já as nova-iorquinas… São descomplicadas. No melhor dos sentidos. Afinal, vivem em uma metrópole que nunca dorme, em que andar a pé é regra e as baldeações do metrô, constantes. “Nova York tem um ar mais business e corrido, que se reflete no estilo das mulheres de lá”, acredita Mari di Pilla, editora de moda da revista Marie Claire, que costuma cobrir as temporadas de moda da cidade. “Ela acorda cedo, vai para a ginástica, depois para o trabalho, emenda um jantar, e não tem tempo de voltar para casa para trocar de roupa.”


Com funcionalidade e praticidade como prerrogativa, o estilo das nova-iorquinas pode ser desdobrado em três vertentes: 1) o esportivo descolado (das mulheres que usam alfaiataria com tênis, calça de couro, botinhas, jeans com oxfords, camisas básicas e bolsa de grife), 2) o lady like despojado (das fãs das marcas Diane von Furstenberg, Tory Burch e Michael Kors, que amam vestidos estampados e saias mídi combinadas a sandálias de salto), e 3) das fashionistas (que abusam das tendências nas portas dos desfiles e nas ruas de Williamsburg. Quer se confundir com uma delas e não passar por turista nas ruas de Manhattan e do Brooklyn. Siga os passos abaixo.

1. Invista em um bom tênis. Pode ser o clássico Adidas Superstar ou um modelo esportivo com toque fashion, como o da colaboração de Riccardo Tisci, da Givenchy, para a Nike. O segredo aqui é usá-lo com peças improváveis, como calça de alfaiataria, camisa e vestidos mais arrumadinhos.

2. Vá de jeans. O modelo reto, com ar retrô, nem tão justo nem tão solto, está em alta. Fica ótimo com sapatos masculinos estilo oxford, camiseta branca básica e jaqueta de couro comprada em um dos brechós legais do Village. Uma bolsa de grife (Stella McCartney, por exemplo) arremata a produção.

3. Inspire-se nas it girls da cidade. “Para não errar, fique de olho no visual da blogueira Leandra Medine e da empresária Olivia Palermo, legítimas nova-iorquinas”, diz Marcela Belleza, editora de moda da revista Estilo. “Ambas têm estilos bem diferentes mas, em comum, usam looks cheios de sobreposições e informação, a cara da cidade.”