Por que você deve ir para…Husavik
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que você deve ir para…Husavik

Tania Valeria Gomes

02 Fevereiro 2009 | 18h43

Well, porque viajantes de verdade são curiosos, por definição e nessa gélida localidade, na costa norte da Islândia — um país tão cheio de
consoantes quanto de geisers — fica um dos mais bizarros museus de que se tem notícia. Escondido sob a inocente fachada de um sobradinho escandinavo repousa o acervo, believe me, do Museu do Falo — e eu vos digo que esse falo não pertence ao verbo falar, mas trata-se do substantivo masculino cujo sinônimo menos deselegante atende pelo nome
de pênis. Quite weird, isn’t it?
Não se apressem em suas conclusões, however. O pequeno museu que
notabilizou Husavik não é dedicado à exposição de falos humanos. Sua
mostra permanente inclui exemplares de membros masculinos estirpados
de grandes mamíferos islandeses, tais como baleias, golfinhos, ursos,
antílopes…em um total de 49 disgusting displays. Saibam os prezados leitores que a insólita exibição esconde nobres propósitos. De acordo com o curador (sim, existe um curador no museu de Husavik) Sigurdur Hjartarson, a mostra permite aos interessados “desenvolver sérios estudos no campo da falologia”, seja lá o que isso quer dizer. Amazing, isn’t it?

Museu do Falo