Sem bloco nem Sapucaí: um outro carnaval no Rio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sem bloco nem Sapucaí: um outro carnaval no Rio

Felipe Mortara

09 Fevereiro 2012 | 16h15

Baile no Jockey Club. Foto: Bruno Ryfer/Divulgação

Felipe Mortara

Vai ter confete, serpentina e cerveja. Mas também muito paetê, lantejoula e glamour. E olha que não estamos falando nem dos blocos de carnaval nem dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. Um dos principais pólos carnavalescos do país também quer mostrar seu fôlego folião nas celebrações dos bailes, famosas entre as décadas de 60 e 90.


Procurando reviver os tempos onde os bailes eram peças fundamentais na agenda de eventos da Cidade Maravilhosa, os Bailes do Rio 2012 tem a sua segunda edição de 16 a 21 de fevereiro, no Jockey Club, na Gávea. Certamente menos democrático que os blocos de rua, mas longe de serem unicamente festas nababescas repletas de celebridades e ricaços, o evento propõe uma programação diversificada para cada dia.

Desde um concurso de fantasias, que ocorre na quinta-feira (dia 16, a partir das 17hs), até show com Diogo Nogueira e a Unidos da Tijuca (dia 17), passando por apresentações de bandas de blocos famosos, como Cordão da Bola Preta e Céu na Terra (dia 20), até o glamouroso – afinal, é no Jockey Club – Baile Oficial da Cidade do Rio de Janeiro (dia 16, a partir das 22hs).

Mas também haverá farta programação diurna, com a festejada Feijoada do Amaral (dia 18, às 14h30) e um baile infantil a Fantasia, com uma escola de samba mirim tocando (dia 19, às 17hs). Para coroar o ecletismo do evento e garantir máximo aproveitamento dos salões do Jockey, o Grande Baile Gay fecha o carnaval na Gávea ao som das Frenéticas na terça-feira Gorda. Os preços variam de R$ 50 a R$ 500, e os convites podem ser adquiridos no Ingresso.com

Também na pegada indoor o Clube Monte Líbano, na Lagoa, abrirá o seu amplo salão de 2 mil m², para receber foliões para o Carnaval Mais Carioca, nos dias 17 a 21 de fevereiro. A idéia também é resgatar os grandes bailes de carnaval, só que num estilo moderno e reformulado mesclando funk e pagode ao samba.

O Bloco Santa Clara e o Cordão da Bola Preta se apresentam nos dias 17 e 18, respectivamente. No domingo, 19 de fevereiro, DJ Marlboro e MC Sapão trazem o pancadão para a pista. Já no dia 20 de Fevereiro, segunda-feira, o Baile de Máscaras contará com a participação do Trio Ternura.

Na terça-feira, 21, o Grupo Palavra Cantada, dos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit, puxa o baile infantil à tarde. Já à noite, o baile Se Beber Não Case é a última chance para quem deixou para aproveitar o carnaval no final, com a participação da Bateria da Grande Rio e do DJ Tubarão. Depois, só resta varrer o chão na Quarta-Feira de Cinzas. Os ingressos custam entre R$ 30 e 60 ou nos sites Ingresso Certo e Ingresso Mais.