Sobre duas rodas, para ver o lado verde de Edmonton
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sobre duas rodas, para ver o lado verde de Edmonton

Fabio Vendrame

11 Março 2014 | 03h20

Rolê de segway pelos parques da cidade – Foto: Nathalia Molina/Estadão

EDMONTON

No início soa até engraçado. Segway para brasileiros é veículo usado pela polícia ou por segurança de shopping. Mas achei interessante o convite para o passeio em Edmonton exatamente porque era diferente. Confesso que duvidei da diversão envolvida naquilo. Que graça tem andar sobre duas rodas segurando um guidão?

Chegando ao vale, a vontade de percorrer alamedas de jardins ou à beira-rio serviu de incentivo para aprender a usar o segway. A lição é simples, se resume a dois passos. Primeiro: aprender a se equilibrar. Depois: se divertir e relaxar com a paisagem. É bem mais fácil do que eu poderia imaginar. E também mais cansativo para as pernas do que eu pensava, já que aparentemente estariam paradas. Que nada, são elas que ajudam no equilíbrio. A maquininha segue todos os movimentos corporais. Gingou para um lado, ela se vira para lá.


O treinamento dado pela River Valley Adventure Co. me deixou bem segura. Saí com o grupo no tour guiado e me diverti bastante. Além de fazer o passeio de segway, a empresa também aluga bicicletas para quem quiser explorar o vale.

A perder de vista. O Rio North Saskatchewan, formado pela água do degelo das Montanhas Rochosas, escorre até Edmonton e segue em direção ao leste para alimentar o Rio Saskatchewan, no centro do Canadá. Na cidade, o vale exibe a mais longa área verde urbana da América do Norte, 22 vezes maior que o Central Park, em Nova York. Nela, estão 22 parques e cerca de 160 quilômetros de percursos para caminhadas ou passeios de bicicleta. Muitas atrações da cidade também se encontram perto do rio, entre elas, o Fort Edmonton Park.

Maior parque histórico do Canadá, propõe uma voltinha pelos anos de 1846 a 1929 e conta a história das primeiras décadas do povoado fundado pela Hudson’s Bay Company. O Fort Edmonton Park mistura construções originais com outras erguidas no estilo antigo. Tudo é temático, com direito a bonde e trem a vapor.

Uma volta ao passado também é a proposta do Edmonton High Level Bridge Streetcar. Voluntários se vestem à moda antiga e mantêm o bonde em funcionamento, trabalhando de motoristas e bilheteiros. O trajeto faz a ligação entre a Jasper Avenue e o bairro de Old Strathcona, cruzando a mais alta ponte para bondes no mundo. Construída em 1912, está a uma altura de 46 metros, sobre o Rio North Saskatchewan.

Um charme só. Old Strathcona também é uma área histórica, com vários prédios de tijolinhos. Charmoso, o bairro tem mais de 100 restaurantes e pubs, com música ao vivo de estilos diversos como folk, rock alternativo, jazz e blues. Na Whyte Avenue, a via principal, o Murrieta’s oferece comidinha gostosa e ambiente aconchegante para um bom jantar a dois.

A avenida também faz a festa dos consumistas, com lojas e butiques especialmente no trecho entre a 103rd Street e a 106th Street – há opções ao longo da 104th Street. Para participar um pouco da vida local e comprar artesanato, roupas ou lanches saudáveis, o ideal é ir ao Farmers’ Market, que funciona dentro de um prédio histórico na 83 Avenue. Todo sábado, 130 produtores vendem artigos locais ou feitos à mão. / N.M.

Shopping tem de hotel a show com leões-marinhos

O West Edmonton Mall é uma minicidade. Dá para imaginar um shopping que tem um aquário com 100 espécies de animais e um parque de diversão com 24 brinquedos? Pois esse canadense tem isso e bem mais. Possui o maior parque aquático da América do Norte com 17 atrações, pista de patinação e campo de golfe com 18 buracos para as crianças se divertirem com os pais.

Não para por aí. Leões-marinhos se apresentam diariamente no show Sea Lions’ Rock. No shopping, há ainda ruas temáticas: Bourbon Street, Chinatown e Europa Boulevard. Com tanta atração, quem ficar cansado pode se hospedar por lá mesmo, no West Edmonton Mall Inn (em frente ao centro comercial) ou no Fantasyland Hotel (lá dentro e com quartos temáticos).

Com cerca de 500 mil metros quadrados de área, o West Edmonton Mall ostenta o título de maior shopping da América do Norte. Aberto em 1981, possui 100 pontos para a alimentação, entre cafés, restaurantes e lanchonetes. Ah, o shopping também tem lojas, claro. Para não perder a grandiosidade, são em torno de 800. / N.M.