Trânsito mostra criatividade cubana
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Trânsito mostra criatividade cubana

Mônica Nóbrega

24 Março 2009 | 18h58

Veículos dos anos 50 e 60 são a marca das ruas de Havana. Fotos Mônica Nóbrega/AE

Veículos dos anos 50 e 60 são a marca das ruas de Havana. Fotos Mônica Nóbrega/AE


Além dos carros vintage, uma das marcas de Cuba, o trânsito local está cheio de provas de criatividade no quesito meios de transporte. Confira:

Cocotáxi: o triciclo com uma cabine amarela em formato de ovo (foto) tem lugar para duas pessoas, mais o condutor

Cocotáxi

Cocotáxi

Bicitáxi: o condutor pedala e você vai atrás, em um banco coberto para dois  passageiros

Bicitáxi

Bicitáxi

Charrete: só turista desavisado aceita pagar para fazer um city tour de charrete. Na frente do Capitólio, uma volta panorâmica que não vai muito além de Havana Velha sai por até 25 pesos conversíveis (R$ 62), um passeio que você pode muito bem fazer a pé

Charrete, só para desavisados

Charrete, só para desavisados

Guagua: sinônimo de transporte público. Os melhores são antigos ônibus escolares amarelos. Já os “camelos” são sequências de carrocerias de caminhão, usados por moradores da periferia.

Ônibus escolar faz papel de transporte público

Ônibus escolar faz papel de transporte público