Uruguai: Punta del Este pode ser econômica
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uruguai: Punta del Este pode ser econômica

Fabio Vendrame

06 Maio 2014 | 03h10

Playa Mansa tem pegada mais ‘família’ – Foto: Alonzo Zarzosa/Divulgação

PUNTA DEL ESTE

De fama espalhafatosa, Punta del Este pode ser, acredite, curtida de maneira econômica, incluindo bons programas culturais e restaurantes acessíveis. Fuja de cassinos e do tedioso tour ostentação em que guias mostram mansões milionárias de colunáveis.

Na alta temporada, de dezembro a fevereiro, os preços triplicam, mas fora desse período tanto o burburinho quanto a diária dos hostels diminuem na península uruguaia.


Um bate-volta também é viável. Montevidéu está a 135 km do balneário e do Terminal Tres Cruces saem ônibus várias vezes ao dia. / R.D.N.

1. Perto de tudo
Fiquei hospedada em um hostel na Playa Brava, a mais popular, ao lado da Mansa. Perto de tudo, a começar pela principal avenida, a Gorlero. Praia família, a Mansa tem areia grossa e águas calmas. Já a Brava tem uma pegada mais jovial. Para conhecer outras, como La Barra e José Ignácio, o ideal é alugar um carro – transporte coletivo, em Punta, é roubada.

Jardim com esculturas de Dalí – Foto: Roberta Della Noce

2. Jardim de esculturas
Há bons acervos a visitar. Um deles é o Museo Ralli (grátis), no bairro residencial de Beverly Hills, distante do centro. Alugue uma bicicleta ou pegue um táxi – mas combine com o mesmo taxista o retorno, pois por ali não há muita opção. O destaque da coleção são as esculturas do espanhol Salvador Dalí expostas no entorno do jardim de esculturas.

3. Arte em Maldonado
Outro acervo interesse é o da Fundación Pablo Atchugarry, no município de Maldonado, a 20 quilômetros de Punta. Táxi até lá sai muito caro, o jeito é ir de carro. Além da vasta coleção, o local promove exposições temporárias e conta com um imenso parque de esculturas a céu aberto.

Casapueblo fica a 15 km de Punta – Foto: Divulgação

4. Entardecer inspirador
Não deixe de ir à Casapueblo, antigo refúgio de verão do artista uruguaio Carlos Páez Vilaró, morto em fevereiro. A cidadela-escultura tem museu, galeria de arte, restaurante e hotel, mas o imperdível mesmo é a celebração ao pôr do sol em forma de poema idealizada por Vilaró. Fica em Punta Ballena, a 15 quilômetros de Punta.

Mais conteúdo sobre:

Punta del Esteuruguai