Chefchaouen: A Cidade Azul
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chefchaouen: A Cidade Azul

Karina Oliani

10 Março 2017 | 13h55

Azul, a cor que transmite e simboliza tranquilidade e serenidade sem duvida é a minha preferida. O azul representa aspirações elevadas, sinceridade e confiança, favorecendo a compreensão. É a cor do bem estar e do raciocínio lógico. É a única que tem poder de desintegrar energias negativas. É muito indicado para acalmar a energia de pessoas hiperativas (como eu).

Agora feche os olhos. Se imagine como seria viver num mundo azul… Abra os olhos:
Karina Oliani - Chefchaouen MarrocosChefchaouen vem do berbere e significa “Olhe os Chifres”. Tem esse nome porque está localizada na região das montanhas Rif, entre os picos Tisouka e Megou que se erguem sobre a cidade com o formato de dois chifres. Também conhecida por Xexuão, Barraxe e Barraxá, possui pouco mais de 40 mil habitantes e fica ao norte do Marrocos. Nessa pitoresca medina, o azul predominante vai fazer você ter a sensação que está caminhando por pequenas vilas no meio do céu!

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Fundada em 1471, se tornou refúgio para judeus europeus que fugiam da Inquisição Espanhola no final do século XV e mantiveram uma presença significativa na área até meados do século XX, quando muitos se mudaram para o recém-fundado Estado de Israel. Durante séculos, Chefchaouen se fechou completamente a estrangeiros, acolhendo apenas peregrinos. Hoje, toda a região do Rif é considerada sagrada e é um famoso local de peregrinação onde estão enterrados antigos profetas locais.
Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos
A tradição de pintar não só as casas mas também os prédios do governo, mesquitas, vielas, postes de luz e até os cestos de lixo da cor azul veio dos próprios judeus. O motivo da escolha dessa tonalidade é incerto e existem duas teorias: a primeira é que tinham como objetivo reproduzir a visão do paraíso como um lembrete de que Deus e o céu estão acima de tudo; já a segunda teoria seria de que o azul remete à cor dos objetos sagrados no Velho Testamento. Há quem diga ainda que este tom também é capaz de espantar mosquitos!


Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

As construções azuladas se concentram principalmente no centro histórico da cidade. A dica aqui é caminhar sem rumo pela medina azul, um labirinto de infinitas vielas, escadarias e edifícios construídos com a fusão da arquitetura moura e espanhola. Ao entrar pelas portas ornamentadas que decoram a fachada de muitas residências e lojas, nossos olhos se enchem de cores e o nosso olfato sente diversos aromas deliciosos. É sem dúvidas, um prato cheio para os sentidos!!!

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

A praça Uta al-Hamman é o ponto central da cidade, onde é possível encontrar cafés, lojas de presentes e restaurantes. Aqui, não deixe de provar o famoso chá de menta marroquino, é uma delícia! Além da mesquista Yamma el Kebir, você também vai encontrar o Kasbah, um lugar repleto de história e arte. A vista da torre vai valer a subida, acredite!

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Chefchaouen também é famosa pelas djellabas, uma espécie de roupa de lã com capuz que cobre o corpo inteiro dos nativos. Em um primeiro momento, você só consegue imaginar esse tipo de traje em personagens de filmes, mas depois percebe que combinam exatamente com o cenário surreal do local.

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Pelos arredores montanhosos de Chefchaouen é possível ainda fazer diversas trilhas que nos levam a mirantes, de onde poderá admirar a paisagem e ter uma visão panorâmica do centro histórico da cidade. Não se esqueça de levar a câmera fotográfica para registrar este único e peculiar lugar do mundo, provavelmente o mais azul que existe na terra.

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Karina Oliani - Chefchaouen Marrocos

Sem dúvidas, apesar de azul ser considerada uma cor fria, a cidade de Chefchaouen é muito acolhedora e vale sua visita! 😉

Chefchaouen-Lucy-Laucht-tout

 

Fotos: Seu Melhor Click

 

AGRADECIMENTOS: 

Mitsubishi (http://www.mitsubishimotors.com.br)

Riad Kheirredine (https://www.riadkheirredine.com/)

Viagem Marrocos (http://www.viagemmarrocos.com/)

Rachid Bouiakbane