O dia em que carreguei a Tocha Olímpica!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O dia em que carreguei a Tocha Olímpica!

Mergulhar em um dos meus lugares preferidos do planeta, ainda carregando a tocha olímpica!!!

Karina Oliani

29 Julho 2016 | 10h58

As Olimpíadas ou os Jogos Olímpicos constituem um dos eventos mais populares e prestigiados em todo o mundo atualmente.
tocha 5
Origem das Olimpíadas

Foram os gregos que criaram os Jogos Olímpicos. Por volta de 2500 a.C., os gregos já faziam homenagens aos deuses, principalmente Zeus, com realização de competições. Porém, foi somente em 776 a.C. que ocorreram pela primeira vez os Jogos Olímpicos, de forma organizada e com participação de atletas de várias cidades-estado. Atletas das cidades-estados gregas se reuniam na cidade de Olímpia para disputarem diversas competições esportivas: atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo (luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco). Os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades e ganhavam uma coroa de louros. Além da religiosidade, os gregos buscavam através dos Jogos Olímpicos a paz e a harmonia entre as cidades que compunham a civilização grega.

Dentro da tradição mitológica, os jogos de Olímpia foram criados pelo herói Hércules, filho do deus Zeus com uma mortal. Hércules foi obrigado pela deusa Hera a realizar doze trabalhos considerados impossíveis. O quinto desses trabalhos consistia em limpar os currais do rei Áugias, que continha milhares de animais e não era limpo há mais de 30 anos. Após conseguir realizar o feito, Hércules decidiu inaugurar um festival esportivo em Olímpia, em homenagem a seu pai, Zeus.

tocha 13 (2)


Modalidades esportivas antigas

Entre os esportes praticados nas antigas olimpíadas, estavam as corridas, chamadas de drómose suas modalidades. Em algumas delas, o atleta devia correr por cerca de 190 metros vestido com a armadura e as armas de um hoplita (soldado da linha de frente dos combates) e corrida com cavalos. Havia ainda o péntatlhon (semelhante ao pentatlo atual), que reunia cinco esportes: 1) salto, 2) lançamento de disco, 3) lançamento de dardo, 4) corrida e 5) luta. O primeiro atleta a vencer uma prova em Olímpia teria sido Corobeu, em 776 a.C. – a prova era de corrida.

Restauração dos Jogos Olímpicos na modernidade

Após o fim da Hélade, no mundo antigo, as Olimpíadas caíram no esquecimento durante séculos. Outros esportes foram se desenvolvendo no interior de cada civilização, mas não havia algo que tivesse a envergadura da celebração dos jogos de Olímpia. A restauração das práticas esportivas em um festival como as antigas Olimpíadas só foi feita na década de 1890 por um aristocrata e pedagogo suíço chamado Pierre de Frédy, mais conhecido como Barão de Coubertin.

O Barão de Coubertin acreditava que a prática do esporte devia ser estimulada na sociedade contemporânea, sobretudo entre os jovens. Além disso, era interessante que houvesse uma organização internacional de jogos esportivos que ajudasse a promover a “paz entre as nações”.

A cada quatro anos, atletas de centenas de países se reúnem num país sede para disputarem um conjunto de modalidades esportivas. A própria bandeira olímpica representa essa união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados, representando os cinco continentes e suas cores. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povos e o espírito olímpico são os princípios dos jogos olímpicos.

tocha 8 (2)

Ter sido chamada para levar a tocha, com certeza, foi algo que me deixou muito emocionada. Por tudo o que esse evento representa, desde suas tradições mais antigas até os valores que sempre mantiveram o esporte vivo: disciplina, superação, treinamento, garra, e por aí vai…
E o que já era incrível podia se tornar espetacular: Carregaria a em Bonito – MS, um lugar que é um dos meus favoritos do planeta!

Apesar de todos os problemas do nosso país, da corrupção e das falcatruas políticas absurdas, para mim, a superação humana, a determinação e a dedicação dos atletas para chegaram a uma Olimpíada, para estabelecerem novos limites humanos e o orgulho de ter sido indicada para conduzir a tocha e o espírito guerreiro que ele representa há séculos, supera tudo.

Foi um momento mágico, do qual me lembrarei para sempre: o dia que carreguei a Tocha Olímpica em um lugar onde natureza e o homem estão em perfeita harmonia!

tocha 15