Harry Potter, Sherlock Holmes e Peter Pan: todos estão em Londres

Além do urso Paddington, outros personagens rendem roteiros turísticos cheios de entretenimento pela capital europeia

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

09 Dezembro 2014 | 06h00

LONDRES - Uma forma de envolver os pequenos na viagem é relacionando os lugares da cidade com livros de história. Os clássicos e os que eles ainda não leram. Além de Paddington, há outros personagens cujas aventuras estão ambientadas em Londres – e rendem roteiros turísticos cheios de entretenimento. Confira alguns deles.

Sherlock Holmes

Mais na moda do que nunca, por causa da série da BBC com Benedict Cumberbatch, Sherlock Holmes é tema da exposição O Homem Que Nunca Viveu e Que Nunca Vai Morrer, em cartaz até 12 de abril no Museu de Londres (London Wall, 150; 12,55 libras ou R$ 50 para adultos e 10,45 libras ou R$ 42 para crianças). A mostra tenta recriar, com filmes, fotos, pinturas e objetos, a atmosfera da cidade das histórias de Arthur Conan Doyle. 

 O próprio museu realiza um tour a pé temático do famoso detetive aos sábados, das 11h às 13h, que começa na Baker Street e segue para pontos de gravações da série e do filme, É recomendável reservar com antecedência; custa 18,90 libras (R$ 76); museumofolondon.org.uk

 Os fãs têm, ainda, a chance de visitar o museu dedicado ao personagem na Baker Street, 22b, onde o personagem vivia. A entrada custa 10 libras (R$ 40) para adultos e 8 libras (R$ 32) para crianças. Vá de metrô e comece a entrar no clima na própria estação Baker Street, cujas paredes são revestidas de azulejos com o rosto do mais famoso detetive.

Oliver Twist

De carne e osso, o escritor Charles Dickens é outro personagem da cidade. Sua casa na Doughty Street, 48, onde viveu com a família e escreveu, entre outros, seu clássico Oliver Twist, é um simpático museu. O ingresso custa 8 libras (R$ 32) para adultos e 6 (R$ 24) para crianças; dickensmuseum.com. 

 Durante todo o ano, é possível fazer passeios guiados a pé pela Londres de Dickens – o próprio museu oferece alguns. Em dezembro, há até tours temáticos de um dos livros célebres de Dickens, Um Conto de Natal, no qual os visitantes são recebidos por um dos fantasmas que visitam Ebenezer Scrooge. Outras empresas que fazem tours temáticos do escritor: walks.com e walksoflondon.co.uk.

VEJA TAMBÉM: conheça a história do urso Paddington, novo personagem das telonas

Peter Pan

O livro se passa na Terra do Nunca, mas Peter Pan deve muito a Londres. Foi lá que J. M. Barrie conheceu os meninos que mais tarde adotaria e com quem se encontrava em Kensington Gardens. A história é contada no filme Em Busca da Terra do Nunca, e parar na estátua do garoto que não queria crescer é programa obrigatório no parque – além de alimentar os patos e correr atrás de esquilos. Uma dica para encontrá-la: use a entrada da estação Lancaster Gate e siga reto. Ela estará a poucos metros, à direita.

Em dezembro, há também uma apresentação teatral com a clássica história do personagem no Bloomsbury Theatre. Tíquetes custam desde 15,50 libras (R$ 62) para crianças e 20,50 (R$ 82) para adultos; peterpanlondon.uk.

VEJA TAMBÉM: saiba como funcionam os museus em Londres

Harry Potter

Harry Potter, o bruxinho que botou a meninada para ler um livro atrás do outro, é inglês e pega o trem para Hogwarts na estação Kings Cross. É possível ir lá e tentar imaginar qual era a plataforma mágica, a 9 3/4, em que seu trem parava. 

Menos imaginação é necessária no tour pelo estúdio da Warner Bros., onde foram gravados os filmes da série. A viagem de trem para lá – que sai de Euston – dura 50 minutos. Em Watford Junction, há ônibus fretados para o estúdio. É possível provar a famosa cerveja amanteigada (sem álcool e liberada para crianças), ficar cara a cara com o castelo de Hogwarts (em escala 1:24 do visto nas telas) e desvendar alguns segredinhos dos efeitos especiais e criaturas fantásticas. O ingresso custa a partir de 33 libras (R$ 132); www.wbstudiotour.co.uk

Pedro Coelho

Assim como o ursinho Paddington, Pedro Coelho (lá chamado de Peter Rabbit) não é muito famoso por aqui, mas seus livros estão em todas as livrarias e casas com crianças do Reino Unido. Há alguns poucos livros disponíveis em português (o canal Nickelodeon também transformou o personagem em desenho animado), mas agora que a autora Beatrix Potter entrou em domínio público a situação pode mudar.

O primeiro volume com as aventuras do coelhinho foi lançado em 1902. Em 2006, o filme Miss Potter contou a história da vida da escritora, também responsável pelas delicadas ilustrações dos livros. Todo esse universo, mais rural, pode ser visitado em The World of Beatrix Potter Atraction (hop-skip-jump.com), em Bowness-on-Windermere. Fica a quase quatro horas de Londres e o trem sai de Euston. A entrada custa 6,95 libras (R$ 28) para adultos e 3,65 (R$ 14) para crianças.

PARADA ESTRATÉGICA

Legoland. A partir da estação de Windsor, ônibus ou táxis levam ao parque temático Legoland, a 1 hora de Londres, com atrações que usam mais de 55 milhões de peças de Lego. Além de miniaturas de cidades, é possível passear de barco por uma floresta de contos de fada, conhecer a terra de faraós e vikings. Fechado de novembro a meados de março. Mais: legoland.co.uk; ingressos 35,10 libras (R$ 141) para adultos e 31,05 (R$ 125) para crianças; compre online.

Parque Olímpico. Ele podia ser mais um daqueles elefantes brancos. Mas Londres abriu a área das Olimpíadas de 2012 à população e aos turistas. No site queenelizabetholympicpark.co.uk é possível baixar um mapa com atividades criativas em cada canto do imenso complexo. De subir escadas correndo a descer morros de grama rolando, passando pelo pódio onde campeões olímpicos receberam suas medalhas e um playground.

Chão de vidro. Desde o mês passado, quem visita a Tower Bridge pode optar por cruzar o Rio Tâmisa com emoção extra. A travessia tem agora um trecho com piso de vidro (8 libras ou R$ 32; towerbridge.org.uk), de 11 metros de comprimento por 2 metros de largura, a 42 metros de altura. Veja os barcos passando lá embaixo e observe a ponte abrir para imensos navios passarem. 

Canary Wharf. O lado leste guarda uma Londres diferente: moderna, cheia de canais e prédios altos. Uma caminhada por West India Quay, com visita ao Museum of London Docklands (museumoflondon.org.uk/docklands), agrada aos pequenos, mesclando interatividade e história, da era medieval ao século 20. Nessa época do ano há também patinação no gelo (icerinkcanarywharf.co.uk; desde 9,50 libras ou R$ 38).

Musicais. Clássicos como O Rei Leão e A Fantástica Fábrica de Chocolates entretêm pais e filhos – sem que o inglês seja uma barreira. Com previsão de estreia para a próxima quinta-feira, o tradicional O Quebra-Nozes alimenta o clima natalino. Desde 35 libras (R$ 140), em sites como london-theatreland.co.uk e tkts.co.uk

Duck tour. Os adultos podem achar um mico, mas os pequenos vão curtir passear por Londres em um veículo anfíbio usado na Segunda Guerra Mundial. O misto de barco e caminhonete apresenta aos turistas a cidade por cerca de 30 minutos – e, depois, entra no Rio Tâmisa. Mais: londonducktours.co.uk; desde 16 libras (R$ 64)

Mais conteúdo sobre:
Londres Inglaterra Europa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.