Luiza Cervenka|Estadão
Luiza Cervenka|Estadão

1. Além da ração

Eu e Stitch não podemos reclamar: comemos extremamente bem durante nossa passagem por Miami. Em todos os restaurantes que fui, levei meu fiel cãopanheiro (não resisti ao trocadilho). Admito: em muitos deles, Stitch foi mais bem tratado que eu. A maioria dos lugares aceita pets – desde que eles fiquem na área de mesas externas.

Luiza Cervenka, Especial para O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2015 | 04h59

Misto de bar, restaurante e livraria, o News Cafe, em Miami Beach, funciona 24 horas e tem um menu amplo. Ali, tomamos um café da manhã tipicamente americano, com panquecas e frutas (US$ 11,75). Apesar de não ter o mesmo o charme, fui algumas vezes ao Starbucks com o Stitch – ali ele pôde entrar, enquanto eu aproveitava o Wi-Fi.

A Brasserie Central, em Coral Gables, pode ser uma boa opção para almoço ou jantar. Fomos lá à noite e pedi a sopa de frutos do mar, acompanhada de peças de queijo, pão fresco e uma taça de vinho. Custou aproximadamente US$ 40 e conquistou meu coração.

Ingredientes frescos e regionais são o forte do Golden Fig, de ambiente moderno e acolhedor. É difícil escolher entre as tantas opções de carnes, peixes e frutos do mar, sempre muito bem preparados. Os pratos principais custam em média US$ 20.

Para uma refeição mais relaxada, o Ironside Pizza fica dentro de um complexo de galerias de arte e lojas de decoração, todas pet friendly, em Little River. No quesito hambúrgueres, o Shake Shack tem até opções vegetarianas, além de um menu exclusivo para clientes de quatro patas. Entre os petiscos, o pooch-ini (US$ 3,95), que mistura biscoito e sorvete, é perfeito para seu pet se refrescar do calor.

Na balada. Se você e seu cão são baladeiros, há vários bares e pubs que aceitam bichinhos nas vias mais icônicas da cidade: Ocean Drive, Española Way e Lincoln Road. Um dos mais famosos em South Beach, o Mango’s Tropical Cafe, permite curtir o clima de badalação das mesinhas na calçada na companhia de seu pet. Para os solteiros, é até uma maneira de puxar conversa.

O mesmo ocorre com o The Clevelander, atraente para os fãs de esporte. No segundo andar do bar estão os estúdio da ESPN Miami, que recebe celebridades esportivas para entrevistas ao vivo. Para os fãs de jazz, as noites de sábado no Peacock Garden Café, em Coconut Grove, são boa pedida.

Se quiser assistir ao belo pôr do sol da cidade e, de quebra, curtir o clima de agito, siga para bares como o Monty’s Sunset e o Smith & Wollensky, ambos em South Beach. Para levar seu cão ao Smith & Wollensky, contudo, tem um segredinho: chegue pelo calçadão e aguarde uma mesa próxima às pedras. É a única área em que os cães são permitidos.

Mais conteúdo sobre:
pets animais de estimação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.