Viagem

10 aplicativos para viajar com seu pet

Com ajuda de apps, dá para achar destinos turísticos ideais para levar seu animal de estimação, fazer fotos divertidas dele ou encontrar uma família provisória se for preciso deixá-lo em casa

23/02/2016 | 05h00    

Bruna Toni - O Estado de S. Paulo

Carinho incluído. Renda extra e amor por bichos motiva anfitriãos

Carinho incluído. Renda extra e amor por bichos motiva anfitriãos Foto: Lucas Biffi

“A minha (filha) pequena queria um canil, queria pegar todos os cachorros na rua e trazer para casa.” É assim que Renata Sotto Blanco justifica a decisão de se tornar anfitriã do Dog Hero, aplicativo para celular e tablet que ajuda a encontrar cuidadores para bichos de estimação que, por qualquer motivo, não podem viajar com seus donos. Paga-se por isso – em troca, há a chance de encontrar gente como Renata, com uma família toda interessada em cuidar bem do animal. 

São cada vez mais numerosos os aplicativos que ajudam viajantes a garantir o bem estar de seus pets. Hospedagem, saúde, passeios e até encontros para os bichos – à la Tinder – estão à distância de alguns toques na tela. A seguir, selecionamos as melhores opções, todas gratuitas. 

HOSPEDAGEM

Hotéis para bichos fazem exigências: vacinas, castração. Já aplicativos como Dog Hero e Pet Hub permitem que o viajante negocie as condições da hospedagem diretamente com o cuidador – pessoas “interessadas em receber os animais e ganhar uma renda extra”, definem os sócios do Dog Hero, Eduardo Baer e Fernando Gadotti.

Os dois apps são fáceis de usar. Basta preencher um perfil (seu e dos pets) e indicar preferências como localização, tipo de residência e contato ou não com outros animais. A lista de anfitriões aparece e há a opção de conversar online e pessoalmente. “Se você quer um apartamento de um quarto para o seu chihuahua, você pode conseguir isso por R$ 25”, diz Sérgio Hernandes, do Pet Hub. “Já uma chácara de 4 hectares para o seu greyhound, com um treinador de animais na equipe, custa R$ 120.”

As diárias médias são de R$ 50 e costumam incluir passeios e higiene. Por enquanto, os dois aplicativos funcionam apenas no Brasil. Para iPhone e Android

PASSEIOS

Sabe quando o bicho marca território? O Doggy Datez (para iPhone e Android) lembra essa situação até na logomarca, um hidrante, objeto que cães costumam “batizar” durante seus passeios. A ideia do aplicativo é promover encontros entre cachorros e seus donos com outros cães e donos na caminhada, em qualquer lugar do mundo. Num raio de 200 metros, ele mostra quem está circulando por ali e “marcou território”. Como nos apps de paquera entre humanos, há a possibilidade de selecionar futuros amigos por sexo (do dono e do cão), idade e raça. 

Já o Dogfriendly.com tem lista de lugares que aceitam a presença dos pets e mais que isso, são interessantes para os bichos. Há resorts, praias, parques e restaurantes. Apesar da aparência não muito limpa e de ser todo em inglês, funciona e tem muito conteúdo. Para iPhone e Android.

11 imagens

IMAGEM

Tem alguém que cuide do bichinho em casa enquanto você viaja? Para quem tem iPhone ou iPad, o aplicativo iCam Pro transmite em tempo real imagens do animal por meio de webcams (de qualquer marca). O software iCamSourcePro conecta as câmeras com o celular ou tablet, mediante uma assinatura vitalícia de US$ 9,99. 

Se o animal vai junto na viagem, dá para aumentar a diversão: a brincadeira passa a ser registrar os momentos. O Barkcam funciona como um Instagram com mais recursos: o clique emite “vozes” de pato, cão, gato e vaca; na edição, animações e memes incrementam a imagem. Para iPhone e Android. Para gatos, o Snapcat mostra uma bola vermelha que passeia pela tela e captura a atenção do bicho, em uma sequência de fotos para compartilhar. Só para Android

SAÚDE

Mesmo que você tenha a maleta de medicamentos do pet à mão durante a viagem, ninguém está livre de imprevistos. Nem ele. Disponível para Android, o Pet First Aid tem contatos dos veterinários mais próximos, para os quais você pode ligar via Skype direto do aplicativo. E ainda dicas de saúde e de como transportar o animal. 

No Brasil, o centro veterinário Bulário Pet Care criou um aplicativo para consulta que descreve medicamentos e diagnósticos, oferece textos sobre gestação, fraturas, alimentação e outros temas. Disponível para iPhone e Android.

Na mesma linha, o Vet Smart (Android e iOS), direcionado a cães, gatos, bovinos e equinos, é usado também por médicos e estudantes e, por isso, tem descrições detalhadas dos medicamentos, vacinas, suplementos, higiene e beleza. Há calculadora para ajudar a calcular dosagens. 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.