10 dias de história e arquitetura em Portugal

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

17 Novembro 2015 | 03h00

Pretendo comemorar meus 90 anos passeando por Portugal de carro, por 10 dias, ajudado por minha filha, em abril ou maio. De Lisboa rumo ao norte. Tenho cabeça de arquiteto, ligada em povoados, casario, ruínas, grandes mosteiros, estradas secundárias, panoramas. Acomodações e comida boas, mas sem derrame de dinheiro. Poderia me sugerir um roteiro? José Maria, São Paulo

Em maio a temperatura estará mais agradável; em abril, encontrará preços melhores. Passe as duas primeiras noites em Lisboa. No primeiro dia, veja Lisboa do alto: vá ao Castelo de São Jorge, suba o Elevador Santa Justa e, se der tempo, o Elevador da Bica. Use o segundo dia em Belém: Mosteiro dos Jerónimos, Torre de Belém, Coleção Berardo. 

No terceiro dia, saia de carro alugado a Sintra (30 km) e passe um dia entre palácios e jardins. Durma por lá (se couber no seu orçamento, no Palácio de Seteais; senão, considere o Lawrence’s) e, no dia seguinte, visite os mosteiros de Alcobaça (130 km) e da Batalha (mais 24 km) a caminho do Palace Hotel do Bussaco (a 115 km da Batalha). Simpático e decadente, esse hotel oferece instalações palacianas a menos de 100 euros a diária. Fique três noites. Passe o segundo dia visitando Coimbra (35 km) e, no terceiro, vá a Piódão (85 km), o mais encantador vilarejo medieval português; na volta, comemore seu aniversário num dos restaurantes da Mealhada (100 km de Piódão, 10 km do Bussaco), com um leitãozinho desmanchando no prato, acompanhado de espumante da Bairrada (o Pedro dos Leitões funciona sem interrupção das 12 às 23 horas).

Suba do Bussaco a Braga (160 km) para visitar a Sé, e durma na magnífica Pousada de Viana do Castelo (50 km adiante), que tem tarifas bastante abordáveis. No dia seguinte, passe por Guimarães (80 km) para ver onde Portugal nasceu, e devolva o carro no Porto (mais 55 km). Fique as últimas três noites no Porto; no segundo dia, vá à Fundação Serralves e à Casa da Música; no terceiro, visite uma cave em Vila Nova de Gaia; passe o tempo que sobrar nos dois dias pelo bairro da Ribeira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.