Divulgação
Divulgação

À mesa, bucho de cordeiro recheado, o orgulho nacional

Os escoceses podem até abrir mão da autoria do fish and chips para os vizinhos ingleses - apesar de também servirem ótimas receitas -, mas do haggis, jamais. O intitulado prato nacional, citado até nos poemas do escritor Robert Burns, é, digamos, para quem tem estômago forte.

O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2012 | 03h11

Trata-se do bucho de cordeiro recheado com seus miúdos, fígado, coração, sangue, além de aveia (para dar a liga) e especiarias diversas. Normalmente é acompanhado pelos tradicionais neeps and tatties, nabo e batata em escocês gaélico.

O prato original era assim servido em épocas medievais e, nos dias de hoje, ainda aparece sobretudo em jantares de gala. Mas há uma versão mais moderna que você encontra em restaurantes comuns da capital. Nela, o bucho como recipiente é descartado: os mesmos ingredientes são preparados artesanalmente como recheio de uma linguiça.

Se não agradar ao seu paladar, volte ao fish and chips ou aposte em outras opções de frutos do mar. Como é de se imaginar, o que não falta na Escócia são peixes e mariscos fresquinhos, além dos menus variados em casas especializadas. Prove o haddock (peixe da família do bacalhau) defumado e o cullen skink, caldo feito a partir do mesmo pescado, que cai muito bem como entrada. /B.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.