Daniel Brito/AE - 4/2/2008
Daniel Brito/AE - 4/2/2008

Amantaní, para festejar (em clima folclórico)

Os turistas ficam hospedados nas casas dos próprios moradores, numa das ilhas do Lago Titicaca

Daniel Brito, O Estado de S.Paulo

26 Maio 2009 | 02h19

Joia do Titicaca. Pouco conhecida dos turistas, Amantaní, a 4.100 metros do nível do mar, é uma das 41 ilhas do Lago Titicaca, no Peru. Para chegar até lá é preciso tomar um barco em Puno, numa viagem que dura cerca de quatro horas.

Estrutura mínima. Os visitantes ficam na casa de moradores (é o líder local que decide qual residência receberá a pessoa), comem refeições feitas por eles e são convidados a participar de seu dia a dia. Não há água encanada, telefone ou hospital.

Folclore. Tão importante quanto compartilhar as refeições com os nativos é acompanhar a festa folclórica que ocorre toda noite, sempre após o jantar.

Roupas. Os homens vestem um ponche, quase que um cobertor de lã de alpaca, com detalhes coloridos, e um gorro. As mulheres têm um pouquinho mais de trabalho: precisam colocar a blusa branca, o pano azul para cobrir os cabelos, a cinta colorida na cintura e a saia longa.

Não se reprima. Ao som de música quíchua cantada pelos moradores, os turistas são quase intimados a dançar.

Cusqueña. Aí é importante contar com a boa vontade dos anfitriões. Sim, porque se a festa for realizada no dia que os homens chegam de Puno com a feira, é possível beber um pouco da tradicional cerveja Cusqueña. Detalhe: em temperatura ambiente. Tudo bem que é comum fazer zero grau no inverno de Amantaní, mas a cerveja não costuma estar tão gelada.

Quase medieval. As pessoas dançam em pares na festa. Os movimentos são lentos, muito parecidos com aqueles bailados medievais que vemos em filmes. Dependendo da animação do grupo, a festa pode durar a noite inteira. Mas isso será difícil depois de passar o dia caminhando até Llacastit, uma ruína pré-inca que homenageia a pachamama, a mãe terra.

Pelo menos um pouco. Os moradores de Amantaní vão entender se você disser que já não tem fôlego e quer ir para seu quarto, dormir. Desde que você tenha dançado (ou tentado fazer isso) com eles por pelo menos 15 minutos.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Armantaní Lago Titicaca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.