Amor de verão

Olinda

O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2013 | 02h11

Via de regra, qualquer bloco - e até o caminho entre um e outro, é área livre para paquera. A Rua Prudente de Moraes, na proximidade dos Quatro Cantos (cruzamento ícone da cidade no carnaval, por onde passa a maioria das agremiações) é o centro máximo da azaração - só não beija quem não quer. Mas há alguns tradicionais. No domingo, na segunda e na terça-feira de manhã o Patusco sai da Rua do Amparo. Os Abutres se concentram, também na terça de manhã, na Rua 15 de Novembro, no Varadouro; à tarde, a Ceroula arrasta uma multidão a partir do Largo do Guadalupe. Normalmente, brinca-se o carnaval de manhã em Olinda e, à noite, a paquera se estende para os shows do centro do Recife.

Salvador

Circuito Barra-Ondina

É ao longo desse trajeto à beira-mar que se posicionam os camarotes mostrados na TV, é por ele que desfilam os principais - e mais caros - trios cercados por cordas, é ali que cantam as estrelas do axé, e é para lá que vão os foliões com intenção de beijar muito no carnaval. Coruja (Ivete Sangalo), Me Abraça (Asa de Água), Camaleão (Chiclete com Banana) e Timbalada fazem ali suas apresentações mais lotadas. Entre as novidades confirmadas, o sul-coreano Psy vai levar seu hit Gangnam Style ao trio de Cláudia Leitte, na sexta-feira. Ivete Sangalo também falou que o cantor pop subiria no seu trio, mas a informação não foi confirmada. O preço do abadá para um único dia chega a R$ 800, comprado com antecedência - e nenhum custa menos de R$ 100. Procure em centraldocarnaval.com.br.

Filhos de Gandhy

Da turma dos afoxés ultratradicionais da capital baiana, os Filhos de Gandhy são conhecidos também pela brincadeira de trocar colares por beijos. Sai em duas versões, masculina e feminina, no Barra-Ondina, segunda-feira, a partir das 15 horas. Fantasias desde R$ 380; filhosdegandhy.com.br.

Rio

Simpatia é Quase Amor

Desde 1985 o bloco apadrinhado por Dona Zica da Mangueira sai por volta das 15 horas da Praça General Osório, em Ipanema, e parte pela Avenida Vieira Souto até o Posto 10. Mais de 60 percursionistas tocam marchinhas e músicas da MPB sob o comando de Mestre Penha. Desfila no domingo, e o próprio nome do bloco já indica qual é o clima geral por ali.

Céu na Terra

Para muitos foliões é o bloco que tira a poeira e prepara para os outros dias de farra. Sai sempre no sábado, às 7 horas, do alto de Santa Teresa. A concentração é na Praça Odilo Costa Neto e desce seguindo o trajeto do bondinho, pela Rua Almirante Alexandrino. É aqui que os solteiros começam a desenferrujar e a preparar suas melhores cantadas. Também é famoso pelos bonecos gigantes e pelos artistas em pernas de pau.

Escangalha

O calor que costuma assolar o Baixo Gávea no sábado de carnaval, entre meio-dia e 16 horas, não tem repelido a turma que adora uma farra e um clima de descompromisso geral. Da concentração, na Rua Orsina da Fonseca, o Escangalha dá uma volta pela Rua Major Rubens Vaz, passa pela Praça Santos Dumont e depois segue pela Rua dos Oitis até o bar Garota da Gávea. Na boca do povo (além de outras bocas), marchinhas de todas as épocas.

Bagunça Meu Coreto

A bateria comandada pelo Mestre Faísca, da escola de samba Império Serrano, incendeia o bairro das Laranjeiras - e a libido dos foliões - com marchinhas, sambas clássicos e músicas próprias (fáceis de decorar, como pede o carnaval). Desde 2005 se concentra na terça-feira na Praça São Salvador (daí o coreto do nome), a partir das 11 horas.

Bangalafumenga

Nascido na zona sul em 1998, há alguns anos o Banga, como é conhecido, cresceu tanto que foi parar no Aterro do Flamengo e virou o titular da manhã de domingo (entre 9 e 14 horas) no espaço mais amplo para blocos. Mesmo com a mudança, o clima ainda continua bem juventude zona sul: cheio de vitalidade e disposição, para cantar junto e paquerar.

A Rocha da Gávea

Bloco mais saidinho do bairro da Gávea nos últimos anos, o A Rocha atrai dois tipos de público, o que gosta de um cordão não muito lotado, mas ainda com aquele autêntico espírito de carnaval e também o dos descolados que procuram sua cara-metade - nem que seja por algumas horas. O astral do bloco - que sai na terça, às 9 horas - é ótimo. Vai da Praça Santos Dumont rumo ao planetário, próximo à PUC.

* Atualizado às 22h47 de 1/2

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.