Apenas 24 horas para desbravar Phuket

Ásia. Recuperada após o tsunami de 2004, ilha no sul da Tailândia se firma como [br]destino litorâneo de primeira linha. Com praias, cultura local e pitadas de luxo

O Estado de S.Paulo

30 Março 2010 | 01h53

1. Na natureza

Passeios na natureza (e pitadas de aventura) estão entre as melhores opções em Phuket, no sul da Tailândia. A pequena ilha, acredite, pode ser inteiramente desbravada em apenas um dia. O Santuário Khao Phra Thaeo (entrada a 200 bahts ou R$ 11) é sede do Projeto Gibão, que ajuda macacos selvagens a retornarem ao seu hábitat. Se conseguir ficar longe dos animais, caminhe pela floresta até a Cachoeira Bang Pae (foto) para um mergulho refrescante na piscina natural. Ali perto, no Bang Pae Safari (phukettoday.com/bangpaesafari), participe de uma excursão montado em um elefante, passando por riachos rasos e bosques de seringueiras. O passeio de 30 minutos sai por 900 bahts (R$ 50) por pessoa

2. Arte e boemia

A descontraída vila de Rawai, perto do extremo sul da ilha, emergiu como um enclave para talentosos artistas locais. À frente do movimento está a Red Gallery (phuketredgallery.com), onde o artista Somrak Maneemai mostra suas pinturas cheias de devaneios lunáticos. A galeria recentemente ganhou um novo espaço na Cidade da Arte (88 Moo 1, Viset Road), junto a um pool de pequenos estúdios e galerias, como Tawan Ook e Love Art Studio (foto). Em uma ilha inundada por imitações medíocres, é refrescante a originalidade deste polo boêmio. Outra forma de ter contato com a noite tailandesa é deixar de lado os restaurantes turísticos e seguir para o mercado Ong Sim Phai Road. Barracas, carrinhos e um mar de mesas de plástico se espalham pelas ruas. Você não vai gastar mais de 200 bahts (R$ 11) por um par de cervejas e uma refeição completa com pratos tailandeses e chineses, como salada apimentada de mamão, churrasco de porco, coco com curry, bolinhas de peixe grelhado e, de sobremesa, arroz pastoso com manga

3. Relax absoluto

Se tem bahts para gastar à vontade, o Amanpuri (foto) é o lugar que você não pode deixar de conhecer. Por mais de 20 anos, o resort tem sido um dos locais mais luxuosos e exclusivos da Tailândia. Hospede-se em uma das 30 villas completamente isoladas do restante do complexo e desfrute de vistas de tirar o fôlego. Diária a partir de 88.750 bahts (R$ 4.870) em quarto duplo. Informações: amanresorts.com

4. À beira-mar

Conhecida há tempos por suas praias deslumbrantes, Phuket foi arrasada pelo tsunami de 2004. Mas a recuperação foi rápida e a ilha se firmou como um destino litorâneo de primeira linha. À beira-mar, Kamala (foto) voltou à vida com charmosas casas costeiras e bares de praia. Pegue um crepe do Chef Roti - a versão thai leva ovos, frutas e leite condensado - e saia para caminhar na costa, com os pés no mar transparente. Para quilômetros de intocada areia dourada, vá à Praia Mai Khao, no Parque Nacional Sirinat. Entre a água morna e a floresta de palmeiras, larga faixa de areia fina. Escolha uma rede para se espreguiçar e finja que está em uma ilha deserta. / INGRID K. WILLIAMS, THE NEW YORK TIMES

P

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.