As relíquias de Chagall pelo mundo

Exposição sobre o mestre russo em BH inspira um roteiro turístico por Jerusalém, Zurique, Paris e Chicago

O Estado de S.Paulo

18 Agosto 2009 | 02h26

.

linkFirst National Plaza, Chicago

Em downtown Chicago, região mais conhecida como Loop, há muitas obras-primas a céu aberto. Uma delas é o mosaico Les Quatre Saisons (As Quatro Estações), produzido por Chagall em 1974, que fica exposto na Praça First National, na Monroe Street, entre a Dearborn e a Clark Street

 

 

 

 

linkFraumünster, Zurique

Os vitrais coloridos, trabalho do artista russo, fazem parte das relíquias arquitetônicas da Fraumünster, a catedral de Zurique, na Suíça, fundada em 853. Antes de visitar a igreja, faça um tour virtual no site www.fraumuenster.ch para ter uma ideia dessa magnífica obra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

linkOpéra National, Paris

Ao entrar na sala de concertos da Opéra National de Paris, também conhecida como Palais Garnier, o turista desvia logo o olhar para o teto. A bela pintura foi feita por Chagall em 1964. Visitas ao auditório ocorrem todos os dias, entre 10 e 18 horas. Por 8 (R$ 21). Site: www.operadeparis.fr

 

 

 

linkKnesset, Jerusalém

Um salão inteiro do Parlamento de Israel, o Knesset, foi decorado por Chagall. O pintor era descendente de judeus e visitou o país várias vezes. Ele também idealizou 12 vitrais para a sinagoga do Hadassah Hospital. Visitas guiadas pelo Knesset ocorrem às quintas-feiras e aos domingos. Site: www.knesset.gov.il.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Chagall exposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.