Atrações e memórias de acelerar o coração

Não fica exatamente dentro do estádio, mas acima dele: a grande atração de uma visita ao Moses Mabhida, construído em Durban para a Copa de 2010 realizada na África do Sul, é o passeio no Skycar (55 rands ou R$ 13). Trata-se de um carrinho que sobe por trilho até o topo do estádio - são 2 minutos de percurso - e, graças ao fato de boa parte de sua estrutura ser feita de vidro, oferece uma das melhores vistas panorâmicas de toda a cidade.

O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2012 | 03h09

Já no passeio pelo estádio Old Trafford, do clube inglês Manchester United, o ponto literalmente mais emocionante é o memorial dedicado às vítimas de um dos acidentes mais trágicos que o time viveu. Em 1958, o avião no qual viajava parte da delegação do clube pegou fogo e caiu perto de Munique, na Alemanha, causando a morte de 28 pessoas - o diretor, jogadores e jornalistas estavam entre as vítimas.

Menos trágico, mas também capaz de fazer acelerar os batimentos cardíacos, é notar a frase "Més que um club" (mais que um clube, em catalão) grafada nas arquibancadas do estádio Camp Nou, casa do Barcelona. Impressa por lá em 1957, faz referência a época do regime do ditador Franco, quando a bandeira da Espanha foi proibida de ser hasteada - e a do clube ganhou importância como símbolo da resistência. / B.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.