Aventura a preços tentadores mesmo na alta temporada

Garimpamos pechinchas para você não perder a chance de ver as paisagens mais belas do País em plena forma

Bruna Tiussu, O Estado de S.Paulo

27 Julho 2010 | 02h30

Fôlego. São 76 quilômetros de trilhasno Vale do Pati

 

Enquanto os dias frescos (às vezes, gelados) se instalam no Sul e no Sudeste brasileiros, na região central do País o inverno é sinônimo de tempo firme e temperaturas mais amenas. Clima ideal para passeios pela natureza recheados de atividades que envolvem alto grau de adrenalina, como rafting, rapel e trilhas de tirar o fôlego. Não à toa, destinos como as Chapadas - Diamantina e dos Veadeiros - e o Jalapão invadem os sonhos de turistas aventureiros nesta época.

 

Em plena alta temporada, tais destinos acabam por se tornar passeios caros. Certo? Nem sempre. Garimpamos as pechinchas da estação para ajudar você a concretizar o sonho de ver algumas das paisagens mais belas do País - exatamente na época em que elas estão mais exuberantes.

Veja também:

No sertão da Bahia, hospedagem nativa

 

Os valores indicados são por pessoa, com aéreo e hospedagem em quarto duplo.

Chapada Diamantina, Bahia

Graças aos paredões, cânions e vales perfeitamente esculpidos, a Chapada Diamantina é campeã em variedade de opções. A atração imperdível é o Poço Encantado, que reflete a luz do sol entre 10 e 13 horas, o que confere distintas tonalidades à água. Além da cidade de Lençóis, vale conhecer Xique Xique, um vilarejo de antigos garimpeiros.

Pacotes

R$ 1.230: 7 noites, com hospedagem em Lençóis, café, passeios, equipamentos e guia. Válido até novembro. Na Venturas & Aventuras (venturas.com.br)

R$ 1.700: a partir de setembro. São 7 noites em Lençóis, café, 2 almoços, passeios e guia. Na Freeway (freeway.tur.br)

Chapada dos Veadeiros, Goiás

Até meados de setembro é quase nula a chance de chover na região. Perfeito para se aventurar em trilhas e no rafting pelo Rio Tocantinzinho. Na entrada do parque fica a vila de São Jorge, povoada por bichos-grilos. Visitantes também ficam hospedados em Alto Paraíso, a 36 quilômetros dali, onde há pousadas e hotéis-fazenda, além de bons restaurantes de comida natural e goiana.

Pacotes

R$ 1.330: 4 noites na vila de São Jorge, com meia pensão. Até 10/12. Inclui trilhas e guia - o arvorismo, com oito atividades, sai por R$ 60. Na Oyster (www.oyster.tur.br).

R$ 1.600: 4 noites (3 em São Jorge e 1 em Alto Paraíso), café, 4 refeições, passeios e guia. Nas saídas de agosto, o viajante ganha kit com mochila, nécessaire, camiseta e squeeze. Pisa (pisa.tur.br).

R$ 1.860: valor para as saídas nos dias 15/8 e 24/10 (nas demais datas, sobe para R$ 2.072). São 7 noites - 3 em São Jorge e 4 em Alto Paraíso -, refeições, passeios, trilhas, guia e 1 massagem ayurvédica. Na Freeway.

Jalapão, Tocantins

Quase todos os trajetos do destino são feitos em 4x4, que levam a atrações como a Cachoeira da Velha e o Fervedouro - um poço d"água que brota do chão, no qual é impossível afundar. Pacotes do tipo safári incluem hospedagem em acampamento fixo. Nas expedições, pernoite em barracas.

Pacotes

R$ 2.390: saída em 21/8 (nas outras datas, sobe para R$ 3.010). Expedição de 7 noites - 2 em hotel, com café, e 5 em barracas, com refeições -, passeios, guia e equipamentos. Na Venturas & Aventuras.

R$ 2.876: até novembro. Safári de 6 noites - 2 em hotel, com café, e 4 em acampamento, com pensão completa -, passeios e guia. Na Pisa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.