Bons sonhos no elegante monastério

Não se contente em visitar um convento do século 15 se você pode se hospedar em um deles. Ainda mais se esse local foi transformado em hotel de luxo e une uma joia restaurada, com claustro e capela, piscina aquecida, sauna e vinhos de grife.

O Estado de S.Paulo

15 Janeiro 2013 | 02h09

Assim é o Convento do Espinheiro (conventodoespinheiro.com), da marca Luxury Collection, que transformou o Mosteiro de Santa Maria do Espinheiro, monumento nacional, em um hotel com 59 belas suítes e diárias que variam entre € 191 e € 1.188.

Confesso que é estranho pensar que o lugar, construído para celebrar a renúncia à vida mundana, tenha sido transformado em um templo do luxo. O espaço do antigo claustro é tomado por mesinhas onde se pode degustar um espumante. Mas, convenhamos: conforto não é pecado. E a hospedagem vale ainda mais por toda a experiência de museu.

A capela tem azulejos com a história de São Jerônimo e túmulos de benfeitores do mosteiro, como Isabel Aranha. O antigo refeitório monástico, com teto nervurado em estilo manuelino, ganhou piano e mesas para ser transformado no bar Palpitus. Na antiga cisterna gótica, restaurada, criou-se o lugar para degustar vinhos. A piscina interna, aquecida, tem vista incrível do jardim. E, ao fundo, as luzes de Évora. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.