Cecília Cussioli/Estadão
Cecília Cussioli/Estadão

Casa de praia, longe do olhar dos vizinhos

Lugares que vão atualizar as suas definições de luxo

Cecília Cussioli, O Estado de S. Paulo

30 Agosto 2016 | 04h50

  São sete da noite e o dia começa a cair nas Maldivas. De frente para ocaso, em uma plataforma construída sobre as águas, Julia se despede do sol. “Tenho o melhor escritório da ilha”, garante a instrutora de ioga. Melhor escritório do mundo, muitos diriam.

No resort One&Only Reethi Rah, a agenda para as aulas de ioga e pilates é a mais lotada. Aulas particulares no “escritório de Julia” são quase impossíveis. Há quem agende um horário antes mesmo de chegar ao país. A combinação de paisagem e solidão cria um ambiente ideal para meditar e se reenergizar. 

O Reethi Rah atualizou minhas definições de luxo. As instalações são confortáveis e bem decoradas; a prataria, impecável. Há lojas exclusivas como se espera em resorts dessa categoria. Aqui, vende-se sobretudo privacidade.

Cada hóspede tem sua própria vila, que além de acomodação oferece uma exclusiva fatia do paraíso. A única decisão é optar por casas na praia – a diária mais em conta, que começa em US$ 1.190 por noite – ou palafitas sobre o mar, com tarifa mínima de US$ 1.800. Também fica no hotel a vila que é considerada uma das acomodações mais luxuosas do planeta, batizada de Grand Beach Villa, com piscina privada de 160 metros quadrados, salas de estar e de jantar e dois quartos. Aqui, a diária pode chegar a US$ 42 mil. Site: bit.ly/oreethirah.

 

  Cada uma das 128 vilas são perfeitamente projetadas para maximizar a sensação de isolamento, eliminando os pontos de vista dos alojamentos adjacentes. É possível passar dias no hotel lotado sem cruzar com ninguém. 

A ilha é grande o suficiente para exigir bicicleta (ou carrinho elétrico) para ir de um lado ao outro, viajando por longas trilhas de areia, sombreadas por uma densa floresta de palmeiras. Todos os caminhos levam ao sol. 

Com ar de sofisticação descontraída, é possível se sentir em casa. Um lar com sete diferentes cozinhas, comandadas por premiados chefs que criam experiências gastronômicas a cada noite. Escondido no ponto mais ao norte da ilha, diante da praia, o restaurante Fanditha serve especialidades árabes acompanhadas de vinhos rosés e champanhes. Já no jardim do Chef's Garden é possível apreciar a simplicidade de um jantar completamente orgânico, feito exclusivamente com produtos cultivados no próprio hotel. 

Um premiadíssimo SPA completa a experiência de autoindulgência. 

Mais conteúdo sobre:
Maldivas Ilhas Maldivas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.