Cerveja 'sabor cerrado' e dicas de hospedagem

Para visitar os pontos turísticos, que não estão assim tão próximos, é recomendável se estabelecer em Cavalcante. Quem busca conforto pode ficar em pousadas como a Manacá (diárias desde R$130 para casal; pousadamanaca.tur.br) e a Sol da Chapada (desde R$ 140 para casal; soldachapada.com.br), ambas no centro da cidade.

CAVALCANTE, O Estado de S.Paulo

15 Outubro 2013 | 03h21

A Pousada Aldeia Caiana (desde R$ 160 para casal; pousadacayana.com.br) é um pouco mais afastada e possui chalés às margens do Rio São Bartolomeu. E há campings como o Estância Solar (desde R$ 15 por pessoa; tel. 62/3494-1311), localizado no imenso gramado de Fernando e Beatriz, que há 13 anos escolheram Cavalcante para viver.

Uma opção para o almoço é o Flor do Cerrado, na Praça Diogo Teles, com pratos a partir de R$ 16. No Encanto da Pizza (Rua Borba Gato, qd 24, lt 196), a massa italiana sai por R$ 19.

Na cervejaria artesanal Aracê você poderá provar a baru, de toque adocicado, elaborada a partir do fruto homônimo exclusivo do cerrado. Os donos, Manolo e Sola, são chilenos que moram na Chapada dos Veadeiros desde 2005. Prove também a saltenha (R$ 4) e a porção de peixe marinado (R$ 18). / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.