Com gelo dentro e fora do copo

Mumbai, na Índia, acaba de aderir à moda dos 'ice bars' - já adotada em Las Vegas, Copenhague...

01 Dezembro 2009 | 03h23

.

Na quase sempre gelada Suécia parece natural. Já em meio ao calor da Índia, um bar de gelo soa, no mínimo, surpreendente. Pois Mumbai acaba de ganhar o seu primeiro ice bar. Localizado em Oshiwara, perto do shopping Mega Mall, o 21 Farenheit é mantido a uma temperatura de 6 graus negativos o ano todo.  

 

ABAIXO DE ZERO - Para se proteger do frio, garçons e visitantes vestem luvas e casacão

Os sócios do empreendimento, indianos que têm no currículo a administração de outro bar de gelo, o Chill Out, em Dubai, apostam que o diferencial do lugar será o fato de servir não apenas drinques, mas também comida quente. Além do visual que, prometem, será reformulado a cada três a seis meses.

A casa tem capacidade para receber 45 pessoas. Ao chegar, o visitante recebe um casacão azul-escuro forrado com peles, botas de neve e luvas para se aquecer enquanto estiver lá dentro - garçons usam modelito idêntico. E seguem para o salão congelante, onde a trilha sonora é composta por sets de house e hip hop.

VETERANOS

Entre recém-reformados e veteranos, a moda dos bares feitos de gelo se espalha pelo mundo. Em Hamburgo, na Alemanha, o Alpha Noble (Neumühlen, 11 ) acaba de emergir de uma renovação total. Os copos, o balcão e as peças de decoração são esculpidos em gelo. São cobrados 14 (R$ 36) pela entrada.

A rede Minus 5, que tem bares na Austrália, Nova Zelândia e Portugual, inaugurou a mais recente das suas franquias no Cassino Mandalay Bay, em Las Vegas. Com toda a imponência que a cidade do pecado pede - iluminação azulada e recepcionistas em trajes pouco siberianos. Informações: www.minus5experience.com.

Na Suécia, o Absolut Ice Bar fica em um hotel também de gelo, em Jukkasjärvi. A marca de vodca tem outro bar em Copenhague, na Dinamarca. Informações: www.icehotel.com.

Mais conteúdo sobre:
Viagem & Aventura Mumbai Índia ice bar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.