Viagem

Como o brasileiro se planeja para as férias?

Segundo estudo do site de reservas Momondo, os brasileiros são os que mais parcelam suas viagens; veja outras curiosidades

20/04/2017 | 05h35    

Adriana Moreira - O Estado de S.Paulo

Mais de 70% quer ir para a praia nas férias - como a de Canoa Quebrada, no Ceará 

Mais de 70% quer ir para a praia nas férias - como a de Canoa Quebrada, no Ceará  Foto: Fábio Motta/Estadão

Em tempos de orçamento apertado e incertezas econômicas, o que você faz para garantir sua viagem? Um estudo da Momondo, empresa online de reservas de hotéis e passagens, revela algumas curiosidades sobre como o viajante brasileiro controla seu orçamento e planeja as férias – e como se difere de viajantes de outros 22 países. 

Ao todo, 23.149 pessoas que acessaram o site da empresa, com idades entre 18 e 65, responderam à enquete, em amostras proporcionais à população de cada país. No Brasil, foram 1.003 entrevistados – em alguns casos, era possível responder mais de uma alternativa. Confira abaixo o “jeitinho brasileiro” de viajar.

Parcelamento

Ninguém parcela mais que o brasileiro. Do total de entrevistados, 43% responderam que pretendem pagar a viagem aos poucos – um número bem distante do segundo colocado nesse quesito, a Turquia, em que 28% pretendem parcelar. Isso não significa, contudo, que somos desorganizados com as finanças. De acordo com o estudo, 71% dizem guardar uma parte do orçamento regularmente para a viagem – o segundo colocado no quesito foram os romenos (63%).

Brasileiros são os que mais parcelam a viagem

Brasileiros são os que mais parcelam a viagem Foto: Alex Silva/Estadão

Orçamento

Em termos de orçamento, os brasileiros estão dispostos a gastar uma quantia razoável em suas férias em 2017. 23% disseram pretender gastar de R$ 2.126 a R$ 4.250;  outros 24% pretendem gastar até R$ 8.050 e 23% revelaram reservar até R$ 21.250 para viajar.

Pela quantidade de malas nos voos de volta para o Brasil não parece, mas 40% dos brasileiros que responderam à enquete dizem estar dispostos a economizar nas compras para garantir o dinheiro da viagem de férias. Em segundo lugar está a economia com as passagens (36%) e, em terceiro, com a acomodação (32%). 

De todos os países entrevistados, são os chineses que mais reservam orçamento para viagem em detrimento a outras formas de consumo – 49% declararam preferir guardar dinheiro para viajar, enquanto 16% disseram preferir comprar aparelhos eletrônicos. Entre os brasileiros, 31% disseram preferir gastar com viagens, e 17% não abre mão de gastar com comida e vinhos.

Destino

Ninguém é mais fã de viajar para a praia do que os brasileiros – 74% disse que irá ao litoral nas férias. É bom lembrar, contudo, que nesse item era possível escolher mais de uma opção. Em segundo lugar, os italianos (70%) são os que mais preferem praia.

A praia é o destino de apenas 32% dos Finlandeses, segundo o estudo, e, para os romenos, o importante é o contato com a natureza: 46% revelou querer fazer uma trilha (hikking) em sua folga.