Viagem

Compras: o que vale a pena levar da Tailândia

Vá às compras em busca de gadgets, amuletos e flores

02/02/2016 | 05h00    

Felipe Mortara - O Estado de S. Paulo

Vendedora de flores tailandesa

Vendedora de flores tailandesa Foto: Felipe Mortara|Estadão

Apesar da força da simplicidade budista, a Tailândia também se revela em produtos típicos e no consumismo voraz. De jovens a idosos, moradores desfilam com celulares da geração mais recente, fones de ouvido enormes e monociclos elétricos, um tipo de equipamento de locomoção que exige equilíbrio. O principal point para comprar esses itens é o MBK, shopping dedicado à tecnologia e à moda. Comparado aos do Brasil, os preços são ótimos.  

Modernidade à parte, persiste uma faceta mais tradicional. A feira de amuletos, próxima ao Grande Palácio, é uma joia rara em si, com banquinhas que vendem pequenos símbolos de argila e de metal, com imagens de Budas de milhares de templos do país todo.  

Também não deixe de visitar o Pak Klong Tala, mercado de flores aberto 24 horas – e resista se puder à tentação de levar um maço de orquídeas para enfeitar o quarto do hotel.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.