Da Fórmula 1 às pérolas, achados do pequeno Bahrein

Lembrado uma vez por ano graças à Fórmula 1 (uma de suas principais atrações), o Bahrein acumula resquícios de passado e ambições para o futuro - as torres gêmeas do World Trade Center local provam.

O Estado de S.Paulo

23 Março 2010 | 02h53

Este país de 1 milhão de habitantes e área equivalente a menos de metade da cidade São Paulo pode ser percorrido de carro em duas horas. No Dar Island (al-darislands.com), participe de uma caçada às pérolas, um dos principais produtos do país. Se não achar as suas, compre no Manama Souk. De roupas indianas a falsificações made in China, de fogões antigos a doces, há de tudo à venda. Para mais tradição, tire os sapatos e aproveite a visita guiada (e gratuita) na Mesquita Al Fateh, veja manuscritos do livro sagrado no Museu do Alcorão (973-1729- 0404) e o centro histórico de Muharraq (bahrainguide.org).

Fotos. Veja mais imagens dos países do Golfo Pérsico

www.estadao.com.br/e/v10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.